CORNELIU PORUMBOIU

 

O novo cinema romeno tem conquistado o mundo cinematográfico nos últimos anos, com prémios e visibilidade internacional. Corneliu Porumboiu, jovem cineasta de 36 anos, é um dos exemplos desse cinema, austero no meios mas com uma diversidade de olhares surpreendente. Porumboiu é um realizador made in Cannes, desde que a sua segunda curta-metragem, A Trip to the City (2003), surpreendeu o Festival em 2003 (e de onde saiu com o 2.º Lugar do Prémio Cinefondation). Um ano mais tarde, apresentou a curta-metragem Liviu's Dream (2004), com a qual venceu um prémio no Toronto International Film Festival. O realizador romeno estudou realização na universidade estatal de Cinema e Teatro, em Bucareste, onde – para além de A Trip to the City – realizou a sua curta-metragem de estreia, em 2002: Gone With the Wine.

 

Na 19ª edição, o Curtas apresentou uma retrospectiva integral de Corneliu Porumboiu. Para além dos seus das curtas-metragens, foram exibidas as obras de maior fôlego: as longas 12:08 A Este de Bucareste e Police, Adjective, ambas exibidas e premiadas no Festival de Cannes e em vários festivais internacionais. O cinema de Porumboiu é marcado por um fundo político intenso, onde a memória histórica é uma constante reflexão das personagens, em histórias onde o realismo é marca dominante. Contudo, dentro deste cinema político há espaço para uma certa anarquia da comédia e os filmes são também muito divertidos. O realizador esteve presente em Vila do Conde para apresentar os filmes e para um debate com o público.