ROY ANDERSSON

 

Cineasta sueco nascido em 1943, foi redescoberto pelo grande público apenas em 2000, por ocasião da estreia do seu filme “Sogns from the second floor”, galardoado com o Prémio Especial do Júri no Festival de Cannes. Dois anos mais tarde, o Curtas Vila do Conde apresentou uma retrospectiva da obra do cineasta que também participou nessa edição do Festival como membro do Júri Internacional. Depois do sucesso de público e crítica alcançado com a sua primeira longa-metragem “Uma história de amor” (1970) e após o fracasso do segundo trabalho “Giliap”, Andersson dedica-se à realização de filmes publicitários. Em meados da década de oitenta realiza duas curtas-metragens, regressando apenas em 200 à produção de uma longa-metragem.

 

O programa da retrospectiva integrou uma selecção de anúncios publicitários realizados por Roy Andersson entre 1975 e 2000 e alguns mais recentes, já de 2002, e filmes de escola realizados entre 1967 e 68. A par desta retrospectiva, foi apresentado o documentário sobre o cineasta “Obsessions from the second floor”.