YERVANT GIANIKIAN & ANGELA RICCI LUCCHI

 

A dupla de cineastas italianos Yervant Gianikian & Angela Ricci Lucchi, com formação em arquitectura e artes plásticas, dedicam-se ao cinema desde a década de 1970. De coleccionadores de filmes, passaram a dar um tratamento artístico às películas antigas e a partir de uma selecção de fitas, filmam-nas e reenquadram-nas, inserem câmaras lentas, elaboram um paciente trabalho de montagem e de sonorização, dando-lhes uma nova leitura e abordagem.

 

Integrada no projecto “O Nosso Século”, a retrospectiva do trabalho desta dupla de cineastas no 8º Curtas Vila do Conde percorreu o vasto território de cinema experimental chamado “found fotage”, onde os cineastas muito mais do que restituírem os filmes tais como eles eram, apoderam-se das imagens rodadas por outros, a partir da pesquisa e selecção de arquivos, em particular da importante colecção de um antigo operador de actualidades, Luca Comerio, activo durante toda a primeira metade do século XX. Do programa apresentado no Festival, destaque para os trabalhos “Aria”, onde um George Méliès extraordinariamente sério executa, diante de uma câmara, sensacionais truques de magia, ou “Giacomelli-Contact” que, através de técnicas simples, Yervant Gianikian & Angela Ricci Lucchi abordam o trabalho de Mario Giacomelli, um fotógrafo nascido na pequena cidade de Senigallia em 1925.

 

A dupla de realizadores foi convidada a programar no projecto “O Nosso Século”. Desta selecção, foram apresentados filmes de Kurt Kren, Artavazd Pelechian, Atom Egoyan e Louis Bunuel.