PETER HUTTON

 

Peter Hutton é um realizador de cinema experimental nascido nos EUA, em Detroit, em 1944. Hutton estudou pintura, escultura e cinema no Instituto de Arte de São Francisco e fez mais de duas dezenas de filmes, a maioria dos quais retratos de cidades ou paisagens de vários pontos do globo. Utiliza uma abordagem cinematográfica minimal e contemplativa, filmando quadros silenciosos (a fazer lembrar as primeiras experiências dos pioneiros irmãos Lumière), quase sempre a preto e branco, com uma câmara 16mm montada num tripé. Apesar da aparente falta de movimento em muitos dos planos poder evocar a fotografia, mesmo as mais inactivas imagens de Hutton envolvem-nos de forma subtil, criando um efeito misterioso e perturbador.

 

No Curtas Vila do Conde, em 2007, o realizador foi alvo de uma retrospectiva integrada na secção Work In Progress. Parte dos seus filmes, neste edição, foram mesmo apresentados em formato de filme-concerto (um pelos Bildmeister e outro pelo músicos Jorge Coelho, Alexandre Soares e João Pedro Coimbra). Nesse ano, o realizador esteve presente em Vila do Conde, apresentando uma masterclass sobre a sua obra. Mas a presença dos filmes de Hutton no Curtas remonta já às edições 3 e 12, onde o realizador exibiu os seus filmes na competição internacional.