"Reconversão" em circulação internacional

9 Janeiro 2013
Share on Facebook Share on Twitter

Depois da estreia mundial no 20º Curtas Vila do Conde, o filme "Reconversão", de Thom Andersen, tem tido um assinalável percurso internacional. Está agora em destaque nos Estados Unidos, com uma exibição no Museum of The Moving Image e referência nos The New York Times e Film Comment. Recorde-se que o filme foi uma encomenda dos vinte anos do festival e aborda a obra do arquiteto Eduardo Souto de Moura.

Na edição online da revista "Film Comment", "Reconversão" foi incluído no TOP 50 (na 23ª posição) dos melhores filmes não distribuiídos nos Estados Unidos da América. Para além disso, o The New York Times dedicou uma notícia ao filme a propósito da estreia em Nova Iorque, numa sessão da série First Looks no Museum Of The Moving Image. O jornal apresenta o filme como uma análise da função da decadência e das ruínas na arquitetura, através das obras de Eduardo Souto de Moura. Relaciona o filme também no âmbito mais largo da obra de Thom Andersen e a sua vontade de olhar para objetos em ruínas e a função da arquitetura na vida das pessoas.

Segundo o jornal, "Reconversão is a combination travelogue and architectural study. (...) Most of the film is composed of rapid-fire, Muybridge-esque strings of still images, broken up by “live-action” sequences depicting the disparate uses to which Souto de Moura buildings are put over the course of time."

ETIQUETAS