Apresentação de "Reconversão" no Doclisboa

23 Outubro 2014
Share on Facebook Share on Twitter

A propósito do lançamento de "Reconversão" em DVD, o Espaço Apordoc – Culturgest, em Lisboa, recebe, no próximo sábado, 25 de outubro, às 17:30, uma conversa sobre o filme numa iniciativa integrada na 12ª edição do Doclisboa.

A conversa contará com a presença de Miguel Dias, codiretor da Curtas Metragens, e Alexandra Areia, arquiteta e membro do Júri Festival Arquiteturas onde, em 2013, o filme de Thom Andersen venceu o Prémio da Audiência. 


No Porto, a apresentação do DVD terá lugar no dia 29 de outubro, pelas 18:00, na Fnac de Santa Catarina. Para a ocasião, foi pedido ao arquiteto Nuno Grande que escolhesse três sequências do filme que servirão de mote a uma conversa sobre arquitetura e cinema que contará, para além de Nuno Grande, com a presença de Miguel Dias e Dario Oliveira, produtor do documentário

 

Esta edição em DVD, à venda em exclusivo nas lojas Fnac, tem o preço de 4 euros e inclui dois extras: a curta-metragem “Vulgar Fractions” do diretor de fotografia de “Reconversão”, Peter Bo Rappmund, e uma série de fotogramas do filme.

O filme, produzido pela Curtas Metragens no âmbito do 20º aniversário do Curtas vila do Conde – Festival Internacional de Cinema, retrata 17 edifícios e projetos do conceituado arquiteto portuense Eduardo Souto de Moura, acompanhados pelos seus próprios escritos.

 

Tecnicamente, “Reconversão” combina a crueza do proto-cinema com o hiper-realismo do cinema digital, remetendo-nos de novo aos ideais de Dziga Vertov. Filmar um ou dois frames por segundo e animar as imagens à maneira de Muybridge, produz uma resolução mais elevada, embora não necessariamente um melhor sentido da realidade, ressaltando os movimentos da água e da vegetação que geralmente passam despercebidos.

 

 

 

 

ETIQUETAS