24 cidades celebram a curta-metragem no próximo fim de semana!

17 Dezembro 2014
Share on Facebook Share on Twitter

Durante o próximo fim de semana, Portugal volta a celebrar O Dia Mais Curto, a grande festa da curta-metragem, com mais de 50 sessões de cinema em 24 localidades. O evento, que nasceu em França, vai ser celebrado em simultâneo em dezenas de países em todo o mundo.
 

O dia mais curto do ano, a 21 de dezembro, em pleno solstício de inverno, volta a servir de mote a’ O Dia Mais Curto, a grande festa da curta-metragem. A iniciativa, que se realiza pelo segundo ano consecutivo em Portugal, arrancou no início do mês culminando no próximo domingo com sessões de curtas-metragens em várias cidades de norte a sul do país, passando também pelas ilhas.


Abrantes, Albufeira, Angra do Heroísmo, Barcelos, Constância, Coimbra, Faro, Funchal, Guimarães, Leiria, Lisboa, Madalena, Oeiras, Paredes de Coura, Ponta Delgada, Ponte de Lima, Porto, Sardoal, Setúbal, Tavira, Trofa, Vila do Conde, Vila Nova de Famalicão e Viseu vão exibir uma variada seleção de curtas-metragens, para todos os públicos, através dos quatro programas preparados para a ocasião ou de programas associados.



“Europa em Curtas”
, o programa transversal a todos os países que vão celebrar a iniciativa, apresenta uma seleção de produções recentes destacadas em todo o mundo enquanto “Panorama Nacional” dá a conhecer curtas-metragens produzidas em Portugal e reconhecidas em diversos festivais de cinema internacionais. Inspirado na secção para crianças do Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema, o “Curtinhas” volta a apresentar um conjunto de divertidos filmes para toda a família.


Acompanhando a quadra festiva, O Dia Mais Curto apresenta ainda “Um Natal dos diabos!”, uma série de divertidas curtas-metragens onde não faltam o Pai Natal, as renas, os presentes e a árvore de Natal, e onde o humor desenfreado e a subversão andam à solta, sem nunca perder de vista o espírito natalício!


Este ano, O Dia Mais Curto conta ainda com uma sessão especial na Cinemateca Portuguesa, a 20 de dezembro, com a estreia de curtas-metragens portuguesas em Lisboa, numa sessão que contará com a presença dos realizadores e membros da equipa técnica de alguns dos filmes.

N’O Dia Mais Curto, a diversidade da curta-metragem é levada aos mais variados lugares de projeção ao encontro de todos os públicos e ecrãs: escolas, cineclubes, museus, estabelecimentos comerciais, transportes públicos e centros culturais são alguns dos locais que vão receber as sessões.


FNAC volta a associar-se à iniciativa através de sessões gratuitas em algumas das lojas, enquanto o Metro do Portoparticipa pela primeira vez n’ O Dia Mais Curto através da exibição das curtas-metragens nos veículos e estações durante o dia 21 de dezembro. Já o Canal 180 dedica 4 horas de programação ao formato, dando a conhecer um grande número de cineastas e as suas obras.


O Dia Mais Curto nasceu em França em 2011 e, todos os anos, é celebrado em simultâneo em dezenas de países em todo o mundo. Em Portugal, o evento será, uma vez mais, desenvolvido pela Agência da Curta Metragem em cooperação com várias das suas congéneres europeias. O país junta-se assim à França, Polónia, Espanha, Itália, Suíça, Sérvia, Alemanha, Croácia, Holanda, Suécia, Bélgica, China, Ucrânia e Finlândia na celebração da grande festa da curta-metragem.



A programação completa está disponível em:

www.odiamaiscurto.curtas.pt

 

ETIQUETAS