Abertura da Exposição RUINS / RITES / RUNES de Ben Rivers e Ben Russell

16 Junho 2015
Share on Facebook Share on Twitter

A Solar – Galeria de Arte Cinemática apresenta a exposição “Ruins / Rites / Runes”, de Ben Rivers e Ben Russell, que contará com um programa paralelo e a presença dos cineastas no 23º Curtas Vila do Conde. A exposição inaugura no próximo sábado, 20 de junho, às 18:30, com uma performance de Jonathan Saldanha às 19:00. 

A Solar – Galeria de Arte Cinemática, em Vila do Conde, volta a colocar o cinema em contexto de galeria através da exposição “Ruins / Rites / Runes”, dos cineastas Ben Rivers e Ben Russell. Esta exposição explora a relação criativa entre os dois artistas, que têm alcançado um lugar de destaque no cinema experimental. 

 Em “Ruins / Rites / Runes”, Ben Rivers e Ben Russell apresentam dois projetos individuais, “Ah, Liberty” (Ben Rivers) e “River Rites” (Ben Russell), e dois trabalhos colaborativos, que documentam as preocupações que ambos têm revelado nos seus filmes: “A Spell to Ward Off The Darkness” e “Call no Man Happy Until He is Dead”. 
 
Após a abertura da exposição, a 20 de junho, às 18:30, será apresentada, no pátio da Solar – Galeria de Arte Cinemática, às 19:00, uma performance do artista Jonathan Saldanha em parceria com o Circular – Festival de Artes Performativas. 

Jonathan Uliel Saldanha é construtor sonoro e cénico, que aborda no seu trabalho a pré-linguagem, os ritmos circulares, o animismo e as relações do som com os seus espectros. Tem vindo a desenvolver um trabalho sonoro que parte de reminiscências da música cerimonial, da dimensão bruta do som e da voz organizados por sistemas auto-generativos e da vibração das cavidades do corpo e seu gesto intuitivo.

Esta performance está integrada no ciclo de concertos do 10º aniversário da galeria, apoiado pela FNAC. 

“Ruins / Rites / Runes” será complementada com duas sessões no 23º Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema, onde os artistas mostrarão o seu trabalho e discutirão as suas mútuas influências. Russell e Rivers têm realizado diversas curtas e longas, tanto individualmente como em conjunto. O seu foco de investigação, dentro do cinema experimental, atravessa a linha divisória entre documentário e ficção.

ETIQUETAS