Cinema Revisitado no Curtas

12 Junho 2019
Share on Facebook Share on Twitter

Não é nova a preocupação do Curtas com o património cinematográfico. Empenhado na missão de valorizar o lugar da curta metragem naquela que é a história do cinema, ao longo das suas 27 edições o festival vila condense tem vindo a contribuir para a criação de uma visão alternativa sobre o espólio de cinema, recuperando para a sua programação obras essenciais da sétima arte. Um compromisso que agora se assume como secção, com o lançamento de um novo espaço programático que promoverá o regresso às salas de filmes raros ou desconhecidos, versões restauradas, cinema sobre cinema e ensaios visuais. No seu primeiro ano, a secção Cinema Revisitado inclui obras não mostradas de António Reis, um ciclo que assinala os 50 anos da morte de José Régio e uma sessão especial com os primeiros grandes filmes de animação de Walt Disney.

Cineasta, poeta e professor, António Reis é um dos nomes inultrapassáveis da história do cinema nacional. Sozinho, ou ao lado de Margarida Cordeiro, contribuiu de forma absolutamente singular para aquilo que entendemos hoje como cinema português. A sua obra, particularmente comprometida com o registo da vida rural e a etnografia de um país a braços com a ditadura, levanta o véu sobre discussões em torno da memória, temporalidade e território, tendo influenciado várias gerações de cineastas que o sucederam. O Curtas mostrará, pela primeira vez, "Do Céu ao Rio", numa sessão que incluirá ainda diversos filmes de Sergei Parajanov. Considerado um dos grandes mestres do cinema do século XX, Parajanov é dono de uma obra com particular veio poético, tendo sido um dos principais responsáveis por desviar o curso da história do cinema do leste europeu, rompendo com a estética realista imposta pelo regime da ex-União Soviética. Em Vila do Conde será possível ver "Hakob Hovnatanyan", "Kiev Frescoes" e "Arabesques on the Pirosmani Theme".

 
Parece ser inegável que o encontro entre José Régio e Manoel de Oliveira foi um momento decisivo para a vida artística de ambos. Se o primeiro terá influenciado de forma determinante aquele que é o universo de referências literárias do segundo, será sobretudo através do cinema de Oliveira que se encontra, hoje, a porta de entrada para a literatura de Régio. No ano em que se assinalam os 50 anos sobre a sua morte, o Curtas recupera em Vila do Conde, terra onde morou toda a sua vida, os filmes que ligam o escritor e o cineasta. 

 
Será uma sessão única e de acesso livre aquela que mostrará alguns dos primeiros clássicos a cores produzidos por Walt Disney. Uma série de obras primas, hoje em dia consideradas essenciais na história do cinema, que são um testemunho da forma como a visão do americano viria a marcar a indústria do entretenimento à escala mundial. Da curta Flowers and Trees, ao grande sucesso "Os Três Porquinhos" (o primeiro de uma série de filmes de Disney a vencer o Óscar na categoria de melhor animação), passando pela primeira aparição do Pato Donald no cinema com "The Wise Little Hen" ou o remake do clássico "O Patinho Feio", de Hans Christian Andersen. Entretenimento também na apresentação da cópia restaurada para 4K de "Rambo: First Blood". Apresentado na selecção de Cannes deste ano, o filme, o primeiro da saga protagonizada por Sylvester Stallone, foi restaurado a partir dos negativos originais, respeitando as escolhas artísticas da produção original. 

 
Entre a recta final de 60 e inícios da década de 70, Joe Dante e Jon Davidson percorriam o circuito universitário com apresentações daquilo a que chamaram The Movie Orgy: sessões de cinema de fluxo livre, onde se remisturavam filmes de série B, trailers, desenhos animados, publicidades e filmes bizarros, institucionais ou educativos.Neste objecto cinematográfico mutante nunca havia duas projecções semelhantes, já que Dante e Davidson modificavam a montagem constantemente. Será esta a proposta de "The Movie Orgy − Ultimate Version", uma sessão de carácter descontraído com uma selecção de duas horas e meia de material audiovisual, acompanhada por uma festa com a presença de vários DJs. 
A nova secção do festival integrará ainda a projecção de Sophia de Mello Breyner Andresen, de João César Monteiro, assinalando o centenário do nascimento da autora e o filme-concerto "The Cabinet of Dr. Caligari", de Robert Wiene, musicado ao vivo pela violoncelista Marta Navarro e o compositor e artista sonoro Tiago Cutileiro.

 
O 27º Curtas Vila do Conde, que decorre entre 6 e 14 de julho, tem o apoio do programa MEDIA/Europa Criativa, da Câmara Municipal de Vila do Conde, do Ministério da Cultura, do Instituto do Cinema e Audiovisual e de vários parceiros imprescindíveis à realização do festival.

 
​PROGRAMA CINEMA REVISITADO
 
Arabesques on the Pirosmani Theme, Sergei Parajanov, Arménia, 1985, 25'
Do Céu ao Rio, António Reis, César Guerra Leal, Portugal, DOC, 1964
Hakob Hovnatanyan, Sergei Parajanov, Arménia, DOC, 1967, 10'
Kiev Frescoes, Sergei Parajanov, Arménia, 1966, 15'
Rambo: First Blood, Ted Kotcheff, USA, FIC, 1982, 97'
Sophia de Mello Breyner Andresen, João César Monteiro, Portugal, DOC, 1969, 19'
The Cabinet of Dr. Caligari, Robert Wiene, Alemanha, 1919, FIC, 55' (filme-concerto)
The Movie Orgy − Ultimate Version, Joe Dante, USA, DOC, 1968, 280'

 
Sessão José Régio
 
A Glória de Fazer Cinema em Portugal, Manuel Mozos, Portugal, FIC, 2015, 15'
As Pinturas do meu Irmão Júlio, Manoel de Oliveira, Portugal, DOC, 1965, 15'
Douro Faina Fluvial, Manoel de Oliveira, Portugal, DOC, 1931, 20'
O Poeta Doido, o Vitral e a Santa Morta, Manoel de Oliveira, Portugal, DOC, 2008, 7'
Romance de Vila do Conde, Manoel de Oliveira, Portugal, DOC, 2008, 6'

 
Sessão Disney Technicolor
 
Flowers and Trees, Burt Gillett, USA, ANI, 1932, 8'
The Goddess of Spring, Wilfred Jackson, USA, ANI, 1934, 10'
The Golden Touch, Walt Disney, USA, ANI, 1935, 10'
The Old Mill, Wilfred Jackson, USA, ANI, 1937, 9'
The Tortoise and the Hare, Wilfred Jackson, USA, ANI, 1935, 9'
The Ugly Duckling, Jack Cutting, Clyde Geronimi, USA, ANI, 1939, 9'
The Wise Little Hen, Wilfred Jackson, USA, ANI, 1934, 8'
Three Little Pigs, Burt Gillett, USA, ANI, 1933, 9'

ETIQUETAS