Ver Filmes Online

InFocus 2021: Lynne Ramsay

17 Junho 2021
Share on Facebook Share on Twitter

Com novas datas já divulgadas, 16 a 25 de julho, o Curtas Vila do Conde decorrerá no formato normal, com sessões em sala a decorrerem nos horários alargados anunciados para a nova fase do desconfinamento. Assim como em 2020, o Curtas de Vila do Conde reafirma a aposta num formato híbrido que combina as projeções em sala em vários locais do país e exibições VoD, permitindo assim alargar o seu público a nível nacional e internacional. Intenso, poético, vibrante, inquieto, assombroso: estes são alguns dos adjetivos possíveis para o cinema de Lynne Ramsay, um dos nomes mais relevantes do cinema contemporâneo, detentora de uma obra verdadeiramente singular e original.

Com uma filmografia ainda pouco extensa, cada um dos filmes desta realizadora nascida em Glasgow é um portento inesquecível, repleto de momentos e imagens que ecoam no tempo e ficam na memória.

Como muitos realizadores que passam pelo festival, Ramsay começou a sua carreira nas curtas-metragens, tendo cedo se distinguido: em 1996 a sua primeira curta, Small Deaths, foi galardoada no Festival de Cannes com o Prémio do Júri, o mesmo entregue, em 1998, a Gasman; e em 2000 recebeu o prémio do Júri de Clermont-Ferrand por Kill the Day, a sua terceira obra. As três obras serão incluídas no programa especial que o Curtas lhe dedica, ao lado das quatro longas que trilham caminho para um afirmação do seu cinema, no quadro do culto. Além do inolvidável We Need to Talk About Kevin (Temos de Falar sobre Kevin) – filme que marcou uma geração e joia da coroa de Ramsay –, o festival apresentará as longas Ratcatcher, You Were Never Really Here (Nunca Estiveste Aqui) e Morvern Callar (O Romance de Morven Callar).

Com uma apetência especial para contar histórias de personagens densas e por tema como a morte, o trauma e a relação com o luto, os seus filmes assinam a visão particular com que Ramsay aborda o cinema e a sua procura incessante pela não repetição e a reinvenção da sua própria linguagem.

ETIQUETAS