“Sol Negro” no Festival de Cinema de Toronto

19 Agosto 2019
Share on Facebook Share on Twitter

Sol Negro” curta-metragem da realizadora franco-portuguesa Maureen Fazendeiro, terá a sua estreia internacional no Festival Internacional de Cinema de Toronto, que se realiza de 5 a 15 de setembro.

 

Produzido pela O Som e a Fúria (Portugal) e Norte Productions (França) e com promoção internacional da Agência da Curta Metragem, o filme põe em confronto um dia de eclipse solar em Lisboa e excertos de um poema de Henri Michaux, lido pela atriz francesa Delphine Seyrig.

“Sol Negro” integra a secção Wavelengths do Festival de Toronto, uma secção exclusiva para filmes de vanguarda que coloca em evidência a inovação formal e expressões originais cinematográficas, no contexto de um dos maiores e mais movimentados festivais de cinema do mundo. Os programadores definem o filme na página do festival: "Enfatizado pela recitação evocativa de um poema de Henri Michaux pela lenda do cinema francês Delphine Seyrig, o filme de Maureen Fazendeiro é um retrato misterioso e multi-texturizado de espectadores de um eclipse em Portugal". 

 

Maureen Fazendeiro releva: “Sol Negro é o meu primeiro filme feito por inteiro em Portugal, país para onde vim viver em 2014. Em março de 2015, reuni uma pequena equipa, pedi emprestada uma câmara e, utilizando sobras de película 16mm a preto e branco, filmei o eclipse total do sol, visível a 67% do observatório astronómico de Lisboa. Nesse dia recolhi uma série de retratos de espectadores maravilhados. Quando em 2019, graças a um apoio à pós-produção, pude retomar a montagem interrompida quase quatro anos antes, tratava-se de fazer a arqueologia de um filme a partir de fragmentos de imagens e sons colecionados ao longo do tempo. Lembrei-me de um poema de Henri Michaux que fala de um país imaginado onde só há um sol por mês, evento que desperta uma certa agitação nos seus habitantes.”
 
Depois de “Motu Maeva”, documentário galardoado no DocLisboa, “Sol Negro” é o segundo filme de Maureen Fazendeiro, que teve estreia mundial, em Julho último, na competição do Curtas Vila do Conde.

"Cães que Ladram aos Pássaros" em Veneza

25 Julho 2019
Share on Facebook Share on Twitter

"Cães que Ladram aos Pássaros" de Leonor Teles terá estreia mundial no Festival Internacional de Cinema de Veneza

 

"Cães que Ladram aos Pássaros" é a nova curta-metragem da realizadora portuguesa Leonor Teles, cuja estreia mundial vai acontecer no Festival Internacional de Cinema de Veneza, que se realiza de 28 de agosto a 7 de setembro.

O filme, que integra a secção competitiva Orizzonti Short Films Competition, acompanha os dias de verão de Vicente e da sua família, obrigados a sair da sua casa no centro do Porto, por força da especulação imobiliária.

Produzido pela Uma Pedra no Sapato e com promoção internacional da Agência da Curta Metragem, CÃES QUE LADRAM AOS PÁSSAROS, foi inteiramente rodado na cidade do Porto. "Toma uma cidade que não é a minha, um lugar que me é desconhecido e não me pertence. No entanto, não deixou de ser, por isso, menos pessoal que os filmes anteriores. A ligação que criei com a família que filmei mantém-se e parece ser essa a constante no meu trabalho: as pessoas e a minha relação com elas", afirma a realizadora.

Depois de “Balada de um Batráquio” (Urso de Ouro de Melhor Curta-Metragem na Berlinale 2016), esta é a segunda curta de Leonor Teles, realizadora que estreou no início deste ano, em circuito comercial, a longa Terra Franca (Prix International de la SCAM no Cinéma du Réel, Prix de La Ville d’Amiens at Festival d’Amiens e Mejor Opera Prima Internacional no Festival Mar del Plata).

O Curtas Vila do Conde em tour pelo país

19 Julho 2019
Share on Facebook Share on Twitter

A 27ª edição do Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema terminou no passado dia 14 de julho com o anúncio dos premiados. À semelhança dos anos anteriores, após o anúncio dos premiados, o Curtas Vila do Conde volta a percorrer o país, com uma seleção de alguns dos melhores filmes desta edição. O “Best of Curtas” exibirá alguns filmes premiados, e a sessão “Curtinhas” é dedicada aos mais novos e será composta por pequenos e divertidos filmes pensados para toda a família.

 

As extensões do 27º Curtas Vila do Conde, arrancam a 22 de julho e prolongam-se até Novembro, em diferentes cidades de todo o país: Coimbra, Leiria, Braga, Porto, Lisboa, Matosinhos, Setúbal, Viseu, entre muitas outras.

 

No programa “Best of Curtas” serão apresentados os filmes "Los Que Desean" de Elena López Riera (Grande Prémio da Competição Internacional, Prémio DCN Beers), "Nefta Football Club" de Yves Piat (Prémio Melhor curta-metragem da Competição My Generation), "Panique Au Village - La Foire Agricole" de Stéphane Aubier e Vicent Patar (Prémio do Público Poças, na Competição Internacional), "Purpleboy" de Alexandre Siqueira (Prémio Melhor Animação da Competição Internacional e Prémio Movistar+ da Competição Nacional) e "Mesa Para Dois No Carpa - David Bruno" de Francisco Lobo (Prémio Fujifilm da Competição Vídeos Musicais).

 

A pensar nos mais novos, a sessão "Curtinhas" apresenta uma selecção desta competição do festival onde o próprio júri é composto por crianças: "A Gata Butterboo" de Emilie Pigeard (vencedor do Prémio MAR Shopping Matosinhos do Curtinhas), "Crianças" de Michael Frei, (Menção Honrosa M/10), e "O Tigre Sem Riscas" de Raul Reyes (Menção Honrosa M/3). Além destes, a sessão inclui ainda as curtas "O Sonho do Sam" de Nolwenn Roberts, "O Papagaio" de Martin Smatana e "Fósforos" de Géza M. Tóth.

 

Em Lisboa, a Cinemateca Portuguesa recebe um programa especial que terá lugar no próximo dia 25 de julho. Esta sessão integra os filmes "Los Que Desean" de Elena López Riera, "Ave Rara" de Vasco Saltão (Melhor Filme da Competição Nacional, Prémio OralMED + Prémio Pixel Bunker) e "Les Extraordinaires Mésaventures De La Jeune Fille De Pierre" de Gabriel Abrantes (Prémio do Público SPA da Competição Nacional, Melhor Ficção da Competição Internacional e Vila do Conde Short Film Candidate European Film Awards).


Calendário das Extensões:

 

LEIRIA

Teatro José Lúcio da Silva

22 Jul - Curtinhas

 

Teatro José Lúcio da Silva

24 Jul - Best of Curtas

 

COIMBRA

Teatro Académico Gil Vicente

24 Jul - Curtinhas (18h30) // Best of Curtas (21h30)

 

Fila K Cineclube

30 Jul - Best of Curtas


Casa das Artes Bissaya Barreto

23 Out - Best of Curtas

 

LISBOA

Cinemateca Portuguesa

25 Jul - Best of Curtas (programa especial)

Zero em Comportamento
Auditório da Biblioteca Orlando Ribeiro - Telheiras
26 Out - Curtinhas 

 

PORTO

Casa Allen (Cineclube Porto)

7 Ago - Best of Curtas
 
 

VILA REAL

Shortcutz Vila Real

3 Set - Best of Curtas
 
 

VISEU

Shortcutz Viseu

6 Set - Curtinhas (15h) // Best of Curtas (22h)
20 Set - Curtinhas

 

SETÚBAL

Praça de Bocage - Sessão ao ar livre

14 Set - Best of Curtas
 
 

BRAGA

Gnration

27, 28 Set - Curtinhas

 

SILVES

Teatro Mascarenhas Gregório

28 Set - Curtinhas // Best of Curtas

 

MATOSINHOS

Teatro Constatino Nery

11 Out - Best of Curtas

 

SINES

Centro de Artes de Sines

18 Out - Best of Curtas

19 Out - Curtinhas


FUNCHAL 

Shortcutz Funchal
19 , 20 Out - Curtinhas
7 Nov - Best Of Curtas


ALMADA
Academia Almadense
24 Out - Best of Curtas 


ODIVELAS

Centro Cultural Malaposta

10 Nov - Curtinhas

16 Nov - Best of Curtas

PALMARÉS 27º Curtas Vila do Conde

14 Julho 2019
Share on Facebook Share on Twitter

O palmarés do 27º Curtas Vila do Conde foi anunciado no passado dia 14 de julho na cerimónia de encerramento do festival. A espanhola Elena López Riera venceu o Grande Prémio DCN Beers da Competição Internacional com “Los que Desean”. “Ave Rara”, de Vasco Saltão, foi o Melhor Filme da Competição Nacional com o Prémio OralMED.

 

COMPETIÇÃO INTERNACIONAL
Grande Prémio DCN Beers - Melhor filme em competição
LOS QUE DESEAN
Elena López Riera · Suíça/Espanha · 2018 · FIC · 24’
Prémios para o melhor filme de cada categoria a concurso:
Animação
PURPLEBOY
Alexandre Siqueira · Portugal/França/Bélgica · 2019 · ANI · 14’
Documentário “Manoel de Oliveira”
DEMONIC
Pia Borg · Austrália · 2019 · DOC · 28’
Ficção
LES EXTRAORDINAIRES MÉSAVENTURES DE LA JEUNE FILLE DE PIERRE
Gabriel Abrantes · França/Portugal · 2019 · FIC · 20'
Prémio do Público Poças
PANIQUE AU VILLAGE – LA FOIRE AGRICOLE
Stéphane Aubier, Vincent Patar · Bélgica/ França · 2019 · ANI · 26’
 
COMPETIÇÃO NACIONAL
Melhor Filme
Prémio OralMED, 2.000 euros 
+
Prémio Pixel Bunker, 2.500 euros, em serviços
AVE RARA    
Vasco Saltão · Portugal · 2019 · FIC · 34’
Prémio Kino Sound Studio - Melhor Realizador
4.000 euros em serviços de pós-produção atribuídos ao melhor realizador 
Mariana Gaivão
pelo filme    
RUBY
Portugal · 2019 · FIC · 25’
Prémio do Público - SPA – Sociedade Portuguesa de Autores
LES EXTRAORDINAIRES MÉSAVENTURES DE LA JEUNE FILLE DE PIERRE
Gabriel Abrantes · França/Portugal · 2019 · FIC · 20'
Prémio Movistar+
Prémio de aquisição
PURPLEBOY
Alexandre Siqueira · Portugal/França/Bélgica · 2019 · ANI · 14’
VILA DO CONDE SHORT FILM CANDIDATE FOR THE EUROPEAN FILM AWARDS 
LES EXTRAORDINAIRES MÉSAVENTURES DE LA JEUNE FILLE DE PIERRE
Gabriel Abrantes · França/Portugal · 2019 · FIC · 20’
 
COMPETIÇÃO TAKE ONE!
Melhor filme - Prémio IPDJ · Prémio Smiling · Prémio Agência da Curta Metragem · Prémio Restart
EM CASO DE FOGO
Tomás Paula Marques · Portugal · 2019 · FIC · 23’
Escola Superior de Teatro e Cinema
Prémio Blit - Melhor realizador
Maria Teixeira 
pelo filme
INSIDE ME
Alemanha · 2019 · ANI/DOC · 5’ 
Filmuniversitat Babelsberg Konrad Wolf (Alemanha)
 
COMPETIÇÃO VÍDEOS MUSICAIS
Prémio Fujifilm
MESA PARA DOIS NO CARPA – DAVID BRUNO
Francisco Lobo · Portugal · 2019 · 4’
 
COMPETIÇÃO EXPERIMENTAL
Prémio Experimental
SUSPENDED ISLAND
Jane Wilson, Louise Wilson · Reino Unido · 2018 · DOC · 16’
 
COMPETIÇÃO CURTINHAS
Prémio MAR Shopping Matosinhos
A GATA BUTTERBOO (BAMBOULE)
Emilie Pigeard · Bélgica/França · 2018 · ANI · 9’
Menção Honrosa (M/3)
O TIGRE SEM RISCAS (LE TIGRE SANS RAYURES)
Raul Robin Morales Reyes · França/Suíça · 2018 · ANI · 9’
Menção Honrosa (M/10)
CRIANÇAS (KIDS)
Michael Frei · Suíça · 2019 · ANI · 9’
COMPETIÇÃO MY GENERATION
NEFTA FOOTBALL CLUB
Yves Piat · França · 2018 · FIC · 17’

 

Curtas 2019: Destaques (13 de julho)

13 Julho 2019
Share on Facebook Share on Twitter

Inevitável destaque para a estreia nacional da primeira longa de Carlos Conceição, um dos realizadores em foco na edição deste ano do Curtas.

Serpentário, interpretado por João Arrais (Soldado Milhões, Coelho Mau), acompanha a viagem de um cineasta na busca pela alma da mãe numa África pós-apocalíptica. Uma reflexão emocional sobre a memória, que joga com a biografia do realizador – nasceu e viveu em África até aos 21 anos, e a história da própria terra. Um filme-catástrofe, onde se exploram sentimentos de pertença e se olha uma Angola saída da guerra, à descoberta de si mesma e das referências apagadas pela história recente. Pelas 21h00 na sala 1 do Teatro Municipal.

 

Será uma sessão única e de acesso livre aquela que mostrará alguns dos primeiros clássicos a cores produzidos por Walt Disney. Uma série de obras primas, hoje em dia consideradas essenciais na história do cinema, que são um testemunho da forma como a visão do americano viria a marcar a indústria do entretenimento à escala mundial. Da curta Flowers and Trees, ao grande sucesso Os Três Porquinhos (o primeiro de uma série de filmes de Disney a vencer o Óscar na categoria de melhor animação), passando pela primeira aparição do Pato Donald no cinema com The Wise Little Hen ou o remake do clássico O Patinho Feio, de Hans Christian Andersen. Pelas 15h00, na sala q do Teatro Municipal.

 

No ano em que se assinalam os 50 anos da norte de José Régio, o Curtas recupera em Vila do Conde, terra onde morou toda a sua vida, os filmes que ligam o escritor a Manuel de Oliveira. A sessão, a ter lugar pelas 16h00 na sala 2 do teatro Municipal, incluirá: A Glória de Fazer Cinema em  Portugal, de Manuel Mozos, e Douro Faina Fluvial, As Pinturas do meu Irmão Júlio, O Poeta Doido, O Vitral... e Romance de Vila do Conde, todas obras de Oliveira.

 

A fechar a secção Stereo, dedicada aos encontros entre música e imagem, o concerto de Montanhas Azuis, projecto que junta Marco Franco, Norberto Lobo e Bruno Pernadas, acompanhado pelas imagens de Pedro Maia. Pelas 23h45, na sala 1 do Teatro Municipal.

 

 

 

15h00 . Sala 1, Teatro Municipal

Cinema Revisitado . Disney Technicolor

 

16h30 . Sala 1, Teatro Municipal

Competição Internacional 8

 

21h00 . Sala 1, Teatro Municipal

InFocus . Serpentário, Carlos Conceição

 

22h15 . Sala 1, Teatro Municipal

Competição Internacional 9

 

23h45 . Sala 1, Teatro Municipal

Stereo . Montanhas Azuis

 

14h30 . Sala 2, Teatro Municipal

Panorama Europeu: Holanda

 

16h00 . Sala 2, Teatro Municipal

Cinema Revisitado . José Régio – A Poesia Invisível

 

18h00 . Sala 2, Teatro Municipal

Competição Experimental 4

 

19h30 . Sala 2, Teatro Municipal

Competição Nacional 5

 

21h30 . Sala 2, Teatro Municipal

Competição Internacional 3

 

23h00 . Sala 2, Teatro Municipal

Panorama Internacional

 

 

Curtas 2019: Destaques (12 de julho)

12 Julho 2019
Share on Facebook Share on Twitter

À entrada no último fim-de-semana do 27º Curtas destaque ao arranque do programa InFocus que olha a obra de Carlos Conceição. A marcar o início da tarde a selecção de curtas do luso-angolano será seguida de uma conversa com o público e a fechar a sla 2 do Teatro Municipal a selecção de curtas que integra a carta branca dada pelo festival

Continua ainda o programa dedicado ao cinema revisitado, com a sessão que propõe o diálogo entre a obra de António Reis e Sergei Parajanov, marcada para as 21h30 na sala 2 do Teatro Municipal.

 

Pela noite, o regresso dos The Heliocentrics a Portugal para musicar, ao vivo, Heaven and Earth Magic de Harry Smith.

 

14h30 . Auditório

Curtas para Todos

 

16h30 . Sala 1, Teatro Municipal

Competição Internacional 6

 

17h00 . Auditório

Panorama Europeu: Reino Unido

 

16h30 . Sala 2, Teatro Municipal

My Generation 2

 

18h00 . Sala 2, Teatro Municipal

Competição Experimental 3

 

19h00 . Solar

Apresentação do livro de Abílio Hernandez Cardoso

 

19h30 . Sala 2, Teatro Municipal

Competição Nacional 4

 

21h00 . Sala 1, Teatro Municipal

Competição Nacional 5

 

21h30 . Sala 2, Teatro Municipal

Cinema Revisitado . António Reis + Sergei Parajanov

 

22h15 . Sala 1, Teatro Municipal

Competição Internacional 7

 

23h00 . Sala 2, Teatro Municipal

InFocus . Carlos Conceição: Carta Branca

 

23h45 . Sala 1, Teatro Municipal

stereo . The Heliocentrics + Heaven & Earth Magic de Harry Smith

 

 

1  I  2  I  3  I  4  I  5  I  6  I  7  I  8  I  9  I  10  I  11  I  12  I  13  I  14  I  15  I  16  I  17  I  18  I  19  I  20  I  21  I  22  I  23  I  24  I  25  I  26  I  27  I  28  I  29  I  30  I  31  I  32  I  33  I  34  I  35  I  36  I  37  I  38  I  39  I  40  I  41  I  42  I  43  I  44  I  45  I  46  I  47  I  48  I  49  I  50  I  51  I  52  I  53  I  54  I  55  I  56  I  57  I  58  I  59  I  60  I  61  I  62  I  63  I  64  I  65  I  66  I  67  I  68  I  69  I  70  I  71  I  72  I  73  I  74  I  75  I  76  I  77 next→
ETIQUETAS