12 de julho : Destaques do Dia

12 Julho 2013
Share on Facebook Share on Twitter

À entrada do último fim-de-semana do Festival, o Curtas Vila do Conde mantém vários focos de interesse. Para além das competições – o dia mantém o ritmo forte de quinta-feira – a secção Da Curta à Longa regressa para mostrar um filme de Yann Gonzalez em estreia nacional. Também de tarde, é apresentada uma performance de Sandra Gibson e Luis Recoder. O grande destaque do dia vai para a obra-prima de Bill Morrison, “Decasia”!

O autor In Focus da edição de 2013 é Bill Morrison. Depois de dois dias exibindo trabalhos curtos, esta sexta-feira apresenta uma das suas longas-metragens: “Decasia” (21:45, Sala Dois) é mesmo considerada a sua obra máxima: um trabalho de rigor de montagem através da utilização de found footage. Outras das longas do dia é “Les rencontres d’après minuit” do francês Yann Gonzalez (00:00, Sala Um). O cineasta é uma presença assídua no festival e apresenta agora a sua primeira longa-metragem (uma das curiosidades é a presença de Eric Cantona como ator).

Nas competições, destaques para alguns autores como Sergei Loznitsa, Bill Morrison, Jorge Quintela ou Ico Costa. É mais um excelente dia para descobrir curtas-metragens surpreendentes. No início da tarde, é apresentada uma performance de Sandra Gibson e Luis Recoder, que utilizam projeção 35 mm para criar um happening visual (17:00, Sala Dois). Também há tarde continuam os Encontros com Realizadores, às 16:00, no Lounge Curtas (com João Viana, João Pedro Rodrigues, Pedro Bastos e João Nicolau). E de manhã, às 11:00 (Sala Dois), o país em panorama é Suíça.

11 de julho : Destaques do Dia

11 Julho 2013
Share on Facebook Share on Twitter

O sexto dia do Curtas Vila do Conde é composto por diversas sessões de competição.  Para além disso, à noite, o cinema clássico de John Ford apresenta-se para uma banda sonora ao vivo dos Zelig. O dia também apresenta outra sessão In Focus Bill Morrison.

A competição está ao rubro com sessões da Competição Internacional (17:00, Sala Um; 22:30, Sala Um), Experimental (18:30, Sala Dois) e Nacional (21:00, Sala Um). Destas sessões, podem nomear-se vários autores de regresso (e até alguns já premiados): Christoph Girardet, Matthias Müller, João Viana, João Pedro Rodrigues, João Nicolau, Chris Landreth ou Siegfried Fruhauf.

À noite, um clássico recém restaurado de John Ford, “Bucking Broadway” (1917), é musicado ao vivo pelos Zelig (banda constituída por elementos ex-Ornatos Violeta e Pluto). É uma excelente oportunidade para ver um western mudo (00:00, Sala Um)! Bill Morrison, autor In Focus, vai apresentar um masterclass, mostrando duas curtas-metragens (15:00, Sala Dois).

Ainda no dia de hoje, a Polónia apresenta filmes no Panorama Europeu (11:00, Sala Dois) e continuam os Encontros com Realizadores, às 16:00, no Lounge Curtas (com André Guiomar, Pedro Caeiro, David Bonneville e André Marques).

10 de julho : Destaques do Dia

10 Julho 2013
Share on Facebook Share on Twitter

Quarta-feira marca o meio da semana e o Festival está em grande atividade. Durante este dia iniciam a Competição Experimental e a retrospetiva In Focus de Bill Morrison, para além da continuação das Competições Nacional e Internacional. O Stereo apresenta um filme-concerto curioso do músico Alex Puddu para filmes pornográficos dinamarqueses. Ainda hoje prosseguem Encontros com Realizadores e promove-se a primeira masterclass (com Georges Schwizgebel).

Cineasta americano, Bill Morrison é o autor In Focus do Curtas 2013. Neste primeiro dia da retrospetiva será projetada uma sessão de curtas-metragens do autor (21:45, Sala Dois). Também no contexto do cinema experimental, é exibida a primeira sessão competitiva (18:30, Sala Dois). Também à noite, o terceiro filme-concerto do Festival (00:00, Sala Dois), com a projeção de filmes pornográficos dinamarqueses da década de 70 e música de Alex Puddu, ao ritmo do funk e do easy listening.

Ainda nas sessões noturnas, continuam as sessões da Competição Internacional (22:30 e 17:00, Sala Um) – com filmes de Nicolas Provost e Dominique Gonzalez Foerster – e da Competição Nacional (21:00, Sala Um), com um conjunto de novos autores portugueses. Hoje também há a segunda sessões de Encontros com Realizadores (com Paulo d’Alva, Sérgio Ribeiro, Filipa César, Tiago Rosa-Rosso e Ivo M. Ferreira).

Ainda durante o dia de hoje, às 15:00 (Sala Dois), o cineasta de animação Georges Schwizgebel orienta uma masterclass intitulada: “Como Faço Filmes Animados”; e de manhã (11:00, Sala Dois) é a vez da Eslováquia no Panorama Europeu.

9 de julho : Destaques do Dia

9 Julho 2013
Share on Facebook Share on Twitter

Nesta terça-feira, o Festival enche-se de sessões competitivas: internacional, nacional e Take One! preenchem o dia. Mas o grande destaque pertence ao filme-concerto para dois filmes de Paulo Abreu: primeiro com Vítor Rua e depois com o duo Rita Redshoes e The Legendary Tigerman (que assim regressam ao Curtas!). Ainda nesta terça, iniciam-se os Encontros com Realizadores.

O filme-concerto faz gala na noite do Festival (00:00, Sala Um). Paulo Abreu realizou em 2012 dois filmes mudos, para os quais foram compostas bandas sonoras originais. É esse o som que é agora apresentado ao vivo, primeiro com Vítor Rua (um músico multifacetado) e logo a seguir com Rita Redshoes e The Legendary Tigerman. Ambos já proporcionaram noites memoráveis e o mínimo que se espera é um grande concerto!

Entretanto, a noite desta terça apresenta a estreia da Competição Nacional (21:00, Sala Um), com filmes de Paulo D’Alva, Sérgio Ribeiro, Filipa César e Ivo M. Ferreira. A história do cinema português do último ano começa assim a ser escrita. Logo a seguir, a Competição Internacional (22:30) prossegue com a segunda sessão de filmes (dos quais se destacam as novas curtas de Betrand Mandico e Yann Gonzalez, ambos já premiados em anteriores edições).


Durante a manhã e tarde, prosseguem o Panorama Europeu (dedicado à Roménia, 11:00, Sala Dois) e a segunda e última sessão do Competição Take One! (18:30, Sala Dois). Às 16:00, o Lounge Curtas recebe Gonçalo Tocha, João Pedro Rodrigues, João Rui Guerra da Mata, Felipe Bragança e André Tentúgal para conversar sobre a experiência dos filmes Estaleiro.

Livro "Puro Cinema" à venda na Loja Curtas

8 Julho 2013
Share on Facebook Share on Twitter

O livro "Puro Cinema: Curtas Vila do Conde 20 Anos Depois" está à venda na Loja Curtas com um desconto especial de 25%, custando 15 Euros durante o 21º Curtas Vila do Conde. O livro foi editado para celebrar os vinte anos do Festival e inclui mais de duas dezenas de entrevistas e conversas com autores que passaram por Vila do Conde.

Este livro é uma reflexão sobre cinema, a partir de vinte entrevistas e conversas com vinte e seis autores que passaram por Vila do Conde. Pretende ser, por isso, um documento que debate as transformações e as tendências do cinema contemporâneo nas suas diferentes mutações, pondo em questão a própria definição do que é o cinema. O resultado desta análise ajuda também a clarificar a identidade do Curtas Vila do Conde nestas últimas duas décadas, enquanto festival de cinema contaminado por outras manifestações artísticas. Complementam o livro, reflexões pessoais sobre o festival do crítico de cinema Augusto M. Seabra e do cineasta americano Mike Hoolboom; e uma história crítica do festival.

Entrevistas incluídas: Manoel de Oliveira, Alexander Sokurov, Luc Moullet, Kenneth Anger, Ken Jacobs, Peter Tscherkassky, Gus Van Sant, Jon Jost, Mikhäil Kobakhidzé, Apichatpong Weerasethakul, Thom Andersen, Matthias Müller & Christoph Girardet, João Pedro Rodrigues, João Canijo, Sergei Loznitsa, Corneliu Porumboiu, José Miguel Ribeiro, Paulo Furtado, Helvécio Marins Jr., Yann Gonzalez, Louis Garrel, Bertrand Mandico & Elina Löwensohn, Basil da Cunha.

8 de julho : Destaques do Dia

8 Julho 2013
Share on Facebook Share on Twitter

Ao terceiro dia do Curtas 2013, o Festival arranca em força com a Competição Internacional (na sala principal). Continua a decorrer o Panorama Nacional, e iniciam-se também a competição Take One! e o Panorama Europeu. O Teatro Municipal assiste ainda ao primeiro concerto da semana (White Haus) e à segunda sessão com filmes Estaleiro.

Os destaques principais do dia são as estreias dos novos filmes Estaleiro. Depois de Gonçalo Tocha, é a vez de apresentar três novos projetos (21:00, Sala Um): Mahjong, da dupla João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata (sobre a Chinatown da Varziela, Vila do Conde); Helvécio Marins Jr. e Felipe Bragança (sobre um português que recebe um pássaro do Brasil e imagina o paraíso); e André Tentúgal (uma ficção sobre a memória perdida de uma mulher). Ainda em destaque, apresenta-se um concerto – com inspiração na Nova Iorque dos anos 70 – de White Haus (00:00, Sala Um), um novo projeto de João Vieira (X-Wife).

Ainda à noite, a Competição Internacional (22:30, Sala Um) arranca com a primeira sessão competitiva e é projetada a segunda sessão de Panorama Nacional (21:45, Sala Dois), com filmes de Sandro Aguilar, Bruno de Almeida e André Gil Mata. No entanto, o dia do Festival começa às 11:00 com a primeira sessão de Panorama Europeu: hoje dedicado à Lituânia. Ainda de tarde, apresentam-se as primeiras curtas-metragens de escola, na Competição Take One! (18:30, Sala Dois).

←prev 1  I  2  I  3  I  4  I  5  I  6  I  7  I  8  I  9  I  10  I  11  I  12  I  13  I  14  I  15  I  16  I  17  I  18  I  19  I  20  I  21  I  22  I  23  I  24  I  25  I  26  I  27  I  28  I  29  I  30  I  31  I  32  I  33  I  34  I  35  I  36  I  37  I  38  I  39  I  40  I  41  I  42  I  43  I  44  I  45  I  46  I  47  I  48  I  49  I  50  I  51  I  52  I  53  I  54  I  55  I  56  I  57  I  58  I  59  I  60  I  61  I  62  I  63  I  64  I  65  I  66 next→
ETIQUETAS