Produção Estaleiro na 64ª Berlinale

21 Janeiro 2014
Share on Facebook Share on Twitter

A curta-metragem "Fernando que Ganhou um Pássaro do Mar", de Felipe Bragança e Helvécio Marins Jr., foi selecionada para a Berlinale, o Festival Internacional de Cinema de Berlim, que acontece de 6 a 16 de fevereiro na Alemanha.


O filme será exibido na 9ª edição do Forum Expanded, uma secção paralela ao Festival que este ano tem como mote a questão "O que sabemos quando sabemos onde algo está?". Nesta secção do festival, que tem início a 5 de fevereiro, serão exibidos cerca de 50 trabalhos de 20 países de todo o mundo. 

Nuno Rodrigues, codiretor do Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema e produtor do filme, integrará o Júri do Festival, responsável pela atribuição do Urso de Ouro e de Prata às melhores curtas-metragens em competição, do Prémio DAAD e pela seleção do nomeado do Festival para os Prémios Europeus de Cinema.

 

“Fernando que Ganhou um Pássaro do Mar" parte de um diálogo imaginário entre Portugal e o Brasil, numa pequena cantiga luso-brasileira. Fernando divide seu tempo entre um café da vizinhança e a pequena casa em que vive no Porto. Do Brasil, recebe um pequeno presente que lhe faz imaginar o Paraíso.

A história é inspirada em uma das personagens do último trabalho de Helvécio Marins Jr., "O Canto do Rocha", filmado em 2012 no Norte de Portugal. "A personagem do Fernando, chamou a atenção porque falava e interagia muito pouco. Estava sempre a olhar para o horizonte... Nós começámos a sonhar um pouco a refletir em torno da eventualidade daquele homem estar a imaginar outras vidas possíveis. Em certos momentos, o Fernando falava de viagens, de já ter ido para outros lugares e de ter acabado por voltar a Portugal. Essa ideia da viagem levou-nos a essa vontade de desenvolver um diálogo entre o que seria esse imaginário de Portugal e do Brasil", refere Felipe Bragança. 

O filme, produzido pela Curtas Metragens CRL no âmbito do projeto Estaleiro, envolveu uma equipa de estudantes de cinema de Portugal e do Brasil. A antestreia mundial da curta-metragem teve lugar na última edição do Curtas Vila do Conde - Festival Internacional de Cinema, em 2013.

A Mãe e o Mar no Festival de Roterdão

17 Janeiro 2014
Share on Facebook Share on Twitter

A longa-metragem “A Mãe e o Mar”, de Gonçalo Tocha, foi selecionada para o Festival de Cinema de Roterdão que se realiza de 22 de janeiro a 2 de fevereiro nos Países Baixos. O documentário será apresentado na secção My Own Private Europe, que pretende redescobrir a identidade da Europa através do ponto de vista pessoal de vários realizadores europeus. 


O filme foi também escolhido para abrir a 13º edição do Festival de Documentários do Museu de Arte Moderna (MoMa), que decorre entre 14 e 28 de Fevereiro em Nova Iorque. O documentário português será exibido no primeiro dia do festival que, este ano, vai contar com certa de 30 filmes internacionais. 

O documentário, produzido pela Curtas Metragens CRL no âmbito do projeto Estaleiro com a participação de uma equipa de estudantes de cinema do Porto, aborda o dia-a-dia das mulheres “pescadeiras” da praia de Vila Chã, em Vila do Conde. 

TOP+ 2013

17 Janeiro 2014
Share on Facebook Share on Twitter

No final de mais um ano intenso de filmes, dois dos diretores do Curtas Vila do Conde mostram os seus TOP+ de 2013.

Miguel Dias
-Curtas-Metragens-
1 Les 3 desastres, sequência do filme 3x3D, Jean-Luc Godard
2 Shadow Of a Cloud, Radu Jude
3 Mille Soleils, Mati Diop
4 Gambozinos, João Nicolau
5 Buenos dias resistencia, Adrian Orr
6 Mahjong, JP Rodrigues / JR Guerra da Mata
7 Redemption, Miguel Gomes
8 Tokyo Giants, Nicolas Provost
9 The Mass Of Men, Gabriel Gauchet
10 Subconscious Password, Chris Landreth

-longas-metragens-
1 Django Unchained, Quentin Tarantino
2 Frances Ha, Noah Baumbach
3 Spring Breakers, Harmony Korine
4 Antes da Meia Noite, Richard Linklater
5 China - Um Toque de Pecado, Jia Zhangkhe
6 A Vida de Adéle Capítulos 1 e 2, Abdellatif Kechiche
7 Blue Jasmine, Woody Allen
8 Leviathan, Lucien Castaing-Taylor, Véréna Paravel
9 Argo, Ben Affleck
10 Inside Llewyn Davis, Joel & Ethan Coen


Nuno Rodrigues
-curtas-metragens-
1. Cut, Christoph Girardet/ Matthias Mueller
2. Shawdow of a cloud, Radu Jude
3. Tokyo Giants, Nicolas Provost
4. Redemption, Miguel Gomes
5. Toxic camera, Jane Wilson/Louise Wilson
6. Gambozinos, João Nicolau
7. O lamento da vida jovem (Centro Histórico), Pedro Costa
8. Montaña en sombra, Lois Patino
9. Buenos dias resistencia, Adrian Orr
10. Mahjong, João Pedro Rodrigues/João Rui Guerra da Mata

-longas-metragens-
1. Django Libertado, Quentin Tarantino
2. Stemple pass, James Benning
3. E agora lembra-me, Joaquim Pinto
4. Shirley- Visions of reality, Gustav Deutsch
5. A última vez que vi Macau, João Pedro Rodrigues/João Rui Guerra da Mata
6. Museum hours, Jem Cohen
7. Stray Dogs, Tsai Ming Liang
8. Bling ring , o gang de Hollywood, Sofia Coppola
9. Terra de ninguém, Salomé Lamas
10. Stop the pounding heart, Roberto Minervini 

Vencedor do Curtinhas nomeado para os Óscares

16 Janeiro 2014
Share on Facebook Share on Twitter

 “Room on The Broom (Boleia de Vassoura)”, de Max Lang e Jan Lachauer, vencedor do prémio Mar Shopping da competição Curtinhas na última edição do Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema, acaba de ser anunciado como um dos cinco nomeados para os Óscares na categoria de melhor curta-metragem de animação.
 

O filme de animação britânico conta a história de uma bruxa e o seu gato que vão “felizes, voando pelo céu num cabo de vassoura, quando o vento sopra para longe o chapéu da bruxa, depois o seu arco e, de seguida, a sua varinha”, lê-se na sinopse. 

 

O prémio da competição Curtinhas, apoiado pelo Mar Shopping, foi atribuído a “Room on The Broom” por um júri exclusivamente composto por crianças que, em conjunto, decidiram o melhor filme a concurso. Na entrega de prémios, o troféu foi entregue pelos pequenos jurados ao realizador Jan Lachauer, presente no Festival.

Também Max Lang, o corealizador de “Room on The Broom”, já marcou presença no Curtas Vila do Conde com a curta de animação “The Gruffalo (O Gruffalo)”, em competição na edição de 2010 do Festival.

A secção Curtinhas conta, todos os anos, com um programa desenvolvido especialmente para crianças e jovens incluindo, para além da competição, um espaço infantil e várias oficinas, aproximando os mais novos ao universo cinematográfico. O minifestival surge no prolongamento do Animar, um programa de formação de públicos pelo cinema de animação, cuja próxima edição decorre de 15 de Fevereiro a 1 de Junho de 2014.  

"Abismo", de Leonor Noivo, no Euro Connection 2014

4 Dezembro 2013
Share on Facebook Share on Twitter

"Abismo", de Leonor Noivo, foi o projeto selecionado para representar Portugal no Euro Connection 2014, nos dias 4 e 5 de fevereiro de 2014, em Clermont-Ferrand (França). Como é habitual, os projetos portugueses foram avaliados pelos festivais associados ao Euro Connection em Portugal: o Curtas Vila do Conde e o IndieLisboa.

 

O Euro Connection é um fórum de co-produção de curtas-metragens, que acontece todos os anos durante o Mercado da Curta Metragem de Clermont-Ferrand. Neste fórum são promovidas apresentações e encontros entre produtores, instituições de financiamento e canais de televisão, com o intuito de fomentar a coprodução entre países europeus, no domínio da curta-metragem. A organização, em colaboração com o MEDIA Desk France e CNC (Centre National de la Cinématographie), recebe o apoio do programa MEDIA e do PROCIREP.

Nesta 6ª edição do Euro Connection, os encontros entre profissionais têm lugar no dia 5 de fevereiro, constituindo uma importante oportunidade para produtores e realizadores que procurem apoios para os seus projetos. 

As curtas-metragens de Leonor Noivo marcaram presença em diferentes edições do Curtas Vila do Conde. O último trabalho da realizadora, “A Cidade e o Sol”, recebeu uma menção honrosa na competição nacional do festival em 2012. 

Prémios Europeus de Cinema 2013

3 Dezembro 2013
Share on Facebook Share on Twitter

No próximo dia 7 de dezembro, Berlim recebe a 26ª edição dos Prémios Europeus de Cinema (European Film Awards), atribuídos pela European Film Academy. Uma vez mais, o vencedor do "Vila do Conde Short Film Nominee For The European Film Awards" em Vila do Conde é um dos nomeados à categoria de curta-metragem e, este ano, a distinção foi para "CUT", de Christoph Girardet e Matthias Müller.

A nomeação das curtas em competição é feita em associação com vários festivais europeus de cinema, entre eles o de Veneza, Roterdão, Clermont-Ferrand, Berlin, Tampere e Cracóvia.


O Curtas Vila do Conde é o festival Português onde uma das nomeações para a categoria de curta-metragem acontece, através do prémio "Vila do Conde Short Film Nominee For The European Film Awards" e que na passada edição premiou a curta-metragem "CUT". O filme experimental de Christoph Girardet e Matthias Müller teve estreia mundial no Curtas Vila do Conde 2013 e é um dos 15 nomeados na categoria de melhor curta-metragem europeia.


Na corrida para os prémios EFA estão ainda outras curtas-metragens que marcaram presença no Curtas Vila do Conde: "AS ONDAS", de Miguel Fonseca, o único filme português a concurso; "LETTER" de Sergei Loznitsa; e "A STORY FOR THE MODLINS", de Sergio Oksman, vencedor do grande prémio da Competição Internacional do Curtas 2012.


Os vencedores, selecionados pelos mais de 2500 profissionais da Academia de Cinema Europeu, serão anunciados a 7 de dezembro na cerimónia oficial. 

←prev 1  I  2  I  3  I  4  I  5  I  6  I  7  I  8  I  9  I  10  I  11  I  12  I  13  I  14  I  15  I  16  I  17  I  18  I  19  I  20  I  21  I  22  I  23  I  24  I  25  I  26  I  27  I  28  I  29  I  30  I  31  I  32  I  33  I  34  I  35  I  36  I  37  I  38  I  39  I  40  I  41  I  42  I  43  I  44  I  45  I  46  I  47  I  48  I  49  I  50  I  51  I  52  I  53  I  54  I  55  I  56  I  57  I  58  I  59  I  60  I  61  I  62 next→
ETIQUETAS