Candidaturas abertas para o Euro Connection 2013

14 Setembro 2012
Share on Facebook Share on Twitter

Já estão abertas as candidaturas para a quinta edição do Euro Connection, que vai acontecer nos dias 5 e 6 de Fevereiro 2013, em Clermont-Ferrand, França.

O Euro Connection é um fórum de co-produção de curtas metragens de produtores europeus, criado pelo Mercado da Curta Metragem de Clermont-Ferrand, em associação com o MEDIA Desk France e o Centre National de la Cinématographie e recebe o apoio do programa MEDIA e do PROCIREP, e promove apresentações e encontros entre produtores, instituições de financiamento de projetos e canais de televisão, com o intuito de fomentar a coprodução entre países europeus, no domínio da curta metragem.

Cada projeto selecionado deverá ser apresentado pelo seu produtor/realizador que terá 10 minutos para fazer uma apresentação concisa, em inglês ou francês, numa das quatro sessões de pitching que terão lugar no dia 5 de Fevereiro. Cada produtor poderá apresentar apenas um projecto. Encontros individuais entre produtores e profissionais participantes no Fórum terão lugar no dia 6 de Fevereiro.

Apenas podem concorrer projetos de países associados ao Euro Connection: Alemanha, Bélgica, Bulgária, Croácia, Dinamarca, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Irlanda, Itália, Lituânia, Polónia, Portugal, Reino Unido e Roménia.

Os produtores devem candidatar os seus projetos de curtas metragens até ao próximo dia 10 de Novembro (o prazo português é diferente, mais prolongado), junto dos representantes do país a que pertencem. Em Portugal, os festivais associados ao Euro Connection são o IndieLisboa e o Curtas Vila do Conde.


Miguel Valverde

+351 213 158 399

miguel.valverde@indielisboa.com

 Miguel Dias

 +351 252 638 027

 mdias@curtas.pt


Faça aqui o download do regulamento e do formulário.

Curtas Vila do Conde na Cinemateca

7 Setembro 2012
Share on Facebook Share on Twitter

Ainda na celebração dos vinte anos do Curtas Vila do Conde, a Cinemateca Portuguesa promove, durante este mês de setembro, duas sessões de homenagem ao festival. As sessões do Curtas Vila do Conde em Lisboa serão nos dias 18 (filmes premiados) e 19 (produções Curtas Metragens CRL), na Sala Félix Ribeiro, às 19 horas.

Segundo a Cinemateca: "No passado mês de julho, o festival apresentou a sua vigésima edição. No longínquo ano de 1994, por ocasião da segunda edição do festival, a Cinemateca organizou uma extensão da sua programação em Lisboa e mais tarde coorganizou retrospetivas de Cipri & Maresco, Gianikian & Ricci Lucchi e Luc Moullet, para além de outras colaborações. Prestamos agora homenagem ao Festival de Vila do Conde, por ocasião da sua vigésima edição, com dois programas. O primeiro com quatro filmes portugueses premiados ao longo de diversas edições e o segundo com filmes produzidos por iniciativa do festival."

Filmes premiados no dia 18 de Setembro
A VIAGEM A CABO VERDE de José Miguel Ribeiro
RAPACE de João Nicolau
ENTRETANTO de Miguel Gomes
OS VIVOS TAMBÉM CHORAM de Basil da Cunha

 

Produções Curtas Metragens CRL (19 de Setembro)
BEACON de Matthias Müller e Christoph Girardet
REMAINS de Sandro Aguilar
DIECE MINUTI ALLA FINE de Daniele Cipri e Franco Maresco
STROKKUR de João Salaviza e Norberto Lobo
BABY BACK COSTA RICA de Gabriel Abrantes

Best Of - Fotos do 20º Curtas Vila do Conde

31 Julho 2012
Share on Facebook Share on Twitter

As fotos do 20º Curtas Vila do Conde, numa seleção com os melhores instantâneos desta edição.

"Obrigação" é repetido este sábado

19 Julho 2012
Share on Facebook Share on Twitter

Depois de uma sessão esgotadíssima durante o 20º Curtas Vila do Conde, o Festival promove uma sessão extra com a projeção de "Obrigação", um filme de João Canijo rodado nas Caxinas e acompanhando as mulheres dos pescadores. Este sábado, a partir das 17h, no Teatro Municipal de Vila do Conde. Este projeto foi produzido pela Curtas Metragens CRL no âmbito do projeto Campus/Estaleiro. O realizador João Canijo trabalhou com uma equipa de estudantes de escolas audiovisuais da região.

Este documentário, com cerca de 60 minutos, baseia-se numa abordagem nova sobre o mundo dos pescadores. Nas Caxinas a relação entre a mulher e o pescador funda-se numa confiança vital, que nasce da dependência recíproca e total para a sobrevivência da família. A mulher confia e depende do pescador para sobreviver, o pescador confia e depende da mulher para lhe gerir a vida.

+info: http://festival.curtas.pt/programa/2012/estaleiro/2/

TOP 10 / Prémio do Público

18 Julho 2012
Share on Facebook Share on Twitter

Top Ten Prémio do Público “Mateus Rosé Sparkling” / 20º Curtas Vila do Conde.

1. Les Enfants de la nuit, de Caroline Deruas
2. I Morti di Alos, de Daniele Atzeni
3. La vie parisiense, de Vincent Dietschy
4. Os vivos também choram, de Basil da Cunha
5. Flamingo Pride, de Tomer Eshed
6. Edmond etait un âne, de Franck Dion
7. Baggage, de Danis Tanovic
8. Les amours perdues, de Samanou Acheche Sahlstrøm
9. Without Snow, de Magnus von Horn
10. A Fábrica, de Aly Muritiba

O Ano dos Portugueses!

16 Julho 2012
Share on Facebook Share on Twitter

O Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema terminou no domingo e superou as melhores expetativas da organização. Mas apesar de ter caído o pano na 20ª edição, o Curtas ainda continua a dar que falar e ver!

Dado o sucesso alcançado com a estreia do filme «Obrigação» de João Canijo, com a sala completamente esgotada e com inúmeras pessoas que nem sequer conseguiram adquirir o bilhete atempadamente para assistir, a direção do Curtas Vila do Conde resolveu reexibir o filme, estando agora agendada uma nova sessão para o próximo sábado, pelas 17 horas, no Teatro Municipal de Vila do Conde.

Recordamos que o realizador João Canijo esteve nas Caxinas a filmar um documentário sobre as mulheres caxineiras. O filme chama-se «Obrigação» e o realizador pretende utilizar este material para fazer uma longa-metragem cuja estreia mundial irá acontecer na 21ª edição do Curtas Vila do Conde.

O filme «Obrigação» é uma das várias produções do Campus, uma secção do projeto Estaleiro desenvolvido pela Curtas Metragens CRL, que juntam realizadores portugueses experientes com equipas de produção constituídas por alunos ou recém-licenciados de cursos audiovisuais.

Quatro destes filmes foram apresentados no decorrer no 20º Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema que, em ano de festa, apostou forte no cinema português destacando as produções da Curtas Metragens CRL, assim reafirmando o seu importante papel na promoção, dinamização e incentivo ao cinema nacional.

Entretanto, o Curtas Vila do Conde será alvo de uma homenagem especial no 65º Festival Internacional de Cinema de Locarno que acontece no sul da Suíça entre os dias 1 e 11 de agosto. “Tribute to Curtas Vila do Conde” é o nome do programa especial dedicado ao festival e que inclui a projeção dos quatro filmes encomendados pelo Curtas a quatro realizadores relevantes no panorama contemporâneo e que têm uma forte relação com festival. Os quatro filmes são: LAND OF MY DREAMS de Yann Gonzalez, O CANTO DO ROCHA (The Song of Rocha) de Helvécio Marins Jr., O MILAGRE DE SANTO ANTÓNIO (The Miracle of Saint Anthony) de Sergei Loznitsa e RECONVERSÃO de Thom Andersen.

De acordo com Nuno Rodrigues, diretor do Curtas Vila do Conde, este programa especial em Locarno significa “o reconhecimento pelo trabalho desenvolvido pelo festival ao longo de 20 anos”. Ao mesmo tempo, “é uma aposta clara num conjunto de quatro filmes e quatro autores que já atingiram um patamar capaz de prestigiar o trabalho do festival de Vila do Conde e que chegam desta forma a Locarno, um dos maiores festivais internacionais de cinema de todo o mundo”, sublinha Nuno Rodrigues.       

A cerimónia de entrega de prémios do festival decorreu no sábado à noite. O Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema tem, este ano, um palmarés que muito honra o cinema português!

«Os vivos também choram», de Basil da Cunha, venceu o Prémio de Melhor Filme na Competição Nacional do 20º Curtas Vila do Conde e foi, de igual modo, um dos vencedores do Prémio RTP2 Onda Curta. Ainda na Competição Nacional foi atribuída uma Menção Honrosa a «A Cidade e o Sol», de Leonor Noivo. 

«A comunidade», de Salomé Lamas, venceu o Prémio para Melhor Documentário.

E «Manhã de Santo António», de João Pedro Rodrigues, foi distinguido com o prémio para melhor curta-metragem europeia (nomeação para os Prémios do Cinema Europeu, na categoria de curta-metragem, organizados anualmente pela European Film Academy).

O Júri oficial das competições, constituído por Margarida Cardoso, Graça Castanheira, Ed Lachman, Martin Pawley e Adrian Sitaru, atribuiu na Competição Internacional prémios nas 3 categorias apresentadas a concurso: Animação, Ficção e Documentário. 

Destaca-se o vencedor do Grande Prémio «Cidade de Vila do Conde», atribuído ao melhor filme em competição, no valor de 2.000 euros, patrocinado pela Câmara Municipal de Vila do Conde. O filme vencedor foi o documentário «Story of the Modlins», do espanhol Sergio Oksman.

Até à hora da cerimónia de entrega de prémios já havia sido ultrapassado em 10 por cento o número de espetadores registado no ano passado.

←prev 1  I  2  I  3  I  4  I  5  I  6  I  7  I  8  I  9  I  10  I  11  I  12  I  13  I  14  I  15  I  16  I  17  I  18  I  19  I  20  I  21  I  22  I  23  I  24  I  25  I  26  I  27  I  28  I  29  I  30  I  31  I  32  I  33  I  34  I  35  I  36  I  37  I  38  I  39  I  40  I  41  I  42  I  43  I  44  I  45  I  46  I  47  I  48  I  49  I  50  I  51  I  52  I  53  I  54 next→
ETIQUETAS