TOP 10 / Prémio do Público

18 Julho 2012
Share on Facebook Share on Twitter

Top Ten Prémio do Público “Mateus Rosé Sparkling” / 20º Curtas Vila do Conde.

1. Les Enfants de la nuit, de Caroline Deruas
2. I Morti di Alos, de Daniele Atzeni
3. La vie parisiense, de Vincent Dietschy
4. Os vivos também choram, de Basil da Cunha
5. Flamingo Pride, de Tomer Eshed
6. Edmond etait un âne, de Franck Dion
7. Baggage, de Danis Tanovic
8. Les amours perdues, de Samanou Acheche Sahlstrøm
9. Without Snow, de Magnus von Horn
10. A Fábrica, de Aly Muritiba

O Ano dos Portugueses!

16 Julho 2012
Share on Facebook Share on Twitter

O Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema terminou no domingo e superou as melhores expetativas da organização. Mas apesar de ter caído o pano na 20ª edição, o Curtas ainda continua a dar que falar e ver!

Dado o sucesso alcançado com a estreia do filme «Obrigação» de João Canijo, com a sala completamente esgotada e com inúmeras pessoas que nem sequer conseguiram adquirir o bilhete atempadamente para assistir, a direção do Curtas Vila do Conde resolveu reexibir o filme, estando agora agendada uma nova sessão para o próximo sábado, pelas 17 horas, no Teatro Municipal de Vila do Conde.

Recordamos que o realizador João Canijo esteve nas Caxinas a filmar um documentário sobre as mulheres caxineiras. O filme chama-se «Obrigação» e o realizador pretende utilizar este material para fazer uma longa-metragem cuja estreia mundial irá acontecer na 21ª edição do Curtas Vila do Conde.

O filme «Obrigação» é uma das várias produções do Campus, uma secção do projeto Estaleiro desenvolvido pela Curtas Metragens CRL, que juntam realizadores portugueses experientes com equipas de produção constituídas por alunos ou recém-licenciados de cursos audiovisuais.

Quatro destes filmes foram apresentados no decorrer no 20º Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema que, em ano de festa, apostou forte no cinema português destacando as produções da Curtas Metragens CRL, assim reafirmando o seu importante papel na promoção, dinamização e incentivo ao cinema nacional.

Entretanto, o Curtas Vila do Conde será alvo de uma homenagem especial no 65º Festival Internacional de Cinema de Locarno que acontece no sul da Suíça entre os dias 1 e 11 de agosto. “Tribute to Curtas Vila do Conde” é o nome do programa especial dedicado ao festival e que inclui a projeção dos quatro filmes encomendados pelo Curtas a quatro realizadores relevantes no panorama contemporâneo e que têm uma forte relação com festival. Os quatro filmes são: LAND OF MY DREAMS de Yann Gonzalez, O CANTO DO ROCHA (The Song of Rocha) de Helvécio Marins Jr., O MILAGRE DE SANTO ANTÓNIO (The Miracle of Saint Anthony) de Sergei Loznitsa e RECONVERSÃO de Thom Andersen.

De acordo com Nuno Rodrigues, diretor do Curtas Vila do Conde, este programa especial em Locarno significa “o reconhecimento pelo trabalho desenvolvido pelo festival ao longo de 20 anos”. Ao mesmo tempo, “é uma aposta clara num conjunto de quatro filmes e quatro autores que já atingiram um patamar capaz de prestigiar o trabalho do festival de Vila do Conde e que chegam desta forma a Locarno, um dos maiores festivais internacionais de cinema de todo o mundo”, sublinha Nuno Rodrigues.       

A cerimónia de entrega de prémios do festival decorreu no sábado à noite. O Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema tem, este ano, um palmarés que muito honra o cinema português!

«Os vivos também choram», de Basil da Cunha, venceu o Prémio de Melhor Filme na Competição Nacional do 20º Curtas Vila do Conde e foi, de igual modo, um dos vencedores do Prémio RTP2 Onda Curta. Ainda na Competição Nacional foi atribuída uma Menção Honrosa a «A Cidade e o Sol», de Leonor Noivo. 

«A comunidade», de Salomé Lamas, venceu o Prémio para Melhor Documentário.

E «Manhã de Santo António», de João Pedro Rodrigues, foi distinguido com o prémio para melhor curta-metragem europeia (nomeação para os Prémios do Cinema Europeu, na categoria de curta-metragem, organizados anualmente pela European Film Academy).

O Júri oficial das competições, constituído por Margarida Cardoso, Graça Castanheira, Ed Lachman, Martin Pawley e Adrian Sitaru, atribuiu na Competição Internacional prémios nas 3 categorias apresentadas a concurso: Animação, Ficção e Documentário. 

Destaca-se o vencedor do Grande Prémio «Cidade de Vila do Conde», atribuído ao melhor filme em competição, no valor de 2.000 euros, patrocinado pela Câmara Municipal de Vila do Conde. O filme vencedor foi o documentário «Story of the Modlins», do espanhol Sergio Oksman.

Até à hora da cerimónia de entrega de prémios já havia sido ultrapassado em 10 por cento o número de espetadores registado no ano passado.

Tribute to Curtas Vila do Conde em Locarno

16 Julho 2012
Share on Facebook Share on Twitter

O festival internacional de cinema de Locarno fez uma homenagem ao Curtas Vila do Conde, exibindo um programa especial com as quatro curtas-metragens encomendadas para a celebração dos 20 Anos do Curtas (nas duas sessões efetuadas, os filmes tiveram cerca de 420 espectadores). O festival de Locarno é um dos maiores festivais de cinema europeus e decorrerá de 1 a 11 de agosto.

Nesta homenagem foram então exibidas as quatro produções do Curtas Vila do Conde: "Land of My Dreams", de Yann Gonzalez; "O Milagre de Santo António", de Sergei Loznitsa, "Reconversão", de Thom Andersen; e "O Canto do Rocha", de Helvécio Marins Jr. Estes quatro filmes tiveram estreia mundial no 20º Curtas Vila do Conde com grande sucesso de público e da crítica.

Esta estreia internacional funcionou como uma importante montra para o Curtas Vila do Conde e especialmente para os filmes, que estão a começar a receber vários convites para apresentação noutros festivais internacionais.

Também nesta edição do festival de Locarno foram exibidos outros filmes portugueses: "O Dom das Lágrimas", de João Nicolau; "O Que Arde Curta", de João Rui Guerra da Mata; "Zwazo", de Gabriel Abrantes (os dois primeiros foram exibidos no Panorama Nacional do 20º Curtas; o terceiro na Competição Nacional). Também foi selecionada a nova longa-metragem de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata: "A Última Vez que Vi Macau".

+info: http://www.pardolive.ch/ 

14 de julho : Destaques do Dia

14 Julho 2012
Share on Facebook Share on Twitter

No penúltimo dia do Curtas 2012, há muitas sessões de cinema e muitas escolhas possívels. De manhã e à tarde, voltam as sessões Curtinhas para crianças. Também ao início da tarde, o festival promove um debate sobre cinema português. Ao final da tarde, projectam-se as últimas sessões da competição internacional e experimental e à noite, na secção Da Curta à Longa, é exibido "Best Intentions" de Adrian Sitaru. Mas os grandes destaques do dia vão para a cerimónia de entrega dos prémios (onde será homenageado Fernando Lopes) e o filme-concerto dos Black Bombaim.

Ao início da tarde, o festival irá debater "O que seria do mundo sem o cinema português?", com cinco convidados: Miguel Gomes, João Pedro Rodrigues, Luís Urbano, João Lopes e Augusto M. Seabra. Num momento crítico do cinema português, este será um momento para os profissionais do setor discurem o futuro.

Mais à noite, o festival homenageia uma das grandes figuras da história do cinema português: Fernando Lopes. Projeta-se "A Felicidade", uma curta-metragem de Jorge Silva Melo em que o cineasta é o protagonista. Esta homenagem decorre na sessão de entregas dos prémios, a partir das 21h00. Mais à noite, os Black Bombaim juntam-se a um coletivo de jovens cineastas coordenados por John Minton (visual director dos Portishead) para um experiência cinemática de live performance a partir dos último álbum dos Black Bombaim. 

12 de julho : Destaques do Dia

12 Julho 2012
Share on Facebook Share on Twitter

Nesta quinta-feira, 12 de julho, o Curtas Vila do Conde oferece várias oportunidades de ver bom cinema. As competições internacional e nacional continuam em força e dá-se início à competição experimental. Também na secção In Focus Robert Todd continuam-se as sessões, desta vez com uma masterclass do cineasta. Mais à noite, Jan Harlan apresenta um documentário sobre Kubrick e, no grande destaque do dia, Thom Andersen apresenta o seu filme sobre Eduardo Souto de Moura (uma encomenda do 20º Festival).

Ao início da tarde, Robert Todd apresenta duas curtas-metragens ("Golden Hour" e "Crystral Gaze"). Logo de seguida, conversa com o público presente sobre a sua obra. É uma boa oportunidade para conhecer melhor o trabalho deste autor experimental. Nas competições, a Internacional exibe hoje filmes como "Os Mortos-Vivos" de Anita Rocha da Silveira ou "I Morti di Alos", de Deniele Atzeni. São dois exemplos radicais sobre os modos de vida contemporâneos. À noite, na sessão 4 da competição nacional são exibidos filmes de Filipe Abranches, Salomé Lamas, Gabriel Abrantes e João Rosas.

Já pela noite dentro, é exibido o documentário "Stanley Kubrick: A Life in Pictures", de Jan Harlan (que está em Vila do Conde). É um filme no programa paralelo à exposição "2012 Odisseia Kubrick". Também é apresentado "Reconversão", de Thom Andersen, um filme-encomenda do 20º Curtas Vila do Conde e o cineasta escolheu a arquitetura de Eduardo Souto de Moura como tema. 

11 de julho : Destaques do Dia

11 Julho 2012
Share on Facebook Share on Twitter

Nesta quarta-feira, dia 11 de julho, há muito bom cinema para descobrir em Vila do Conde. Continuam as sessões de competição (nacional e internacional); é apresentada mais uma das produções Campus/Estaleiro (um filme de João Canijo); Helvécio Marins Jr. mostra as suas curtas-metragens e fala com o público do festival; e à noite, os Evols proporcionam o primeiro filme-concerto da edição deste ano, criando uma banda sonora original para filmes de Robert Todd (autor In Focus).

A Sala Um do Teatro Municipal recebe esta quarta-feira diversas sessões de competição. Na nacional, destaque para a primeira apresentação de filmes realizador por Leonor Noivo, João Pedro Rodrigues e Possidónio Cachapa. Na competição internacional serão exibidos filmes de Peter Peake (realizador dos Estúdios Aardman), Sérgio Oksman, Ben Rivers ou Lisandro Alonso. Na sessão da noite é também exibido "Les Amours Perdues" protagonizado por Emmanuelle Béart.

À tarde, o realizador brasileiro Helvécio Marins Jr. mostra quase toda a sua obra de curta-metragem, numa sessão às 15h. No final, o realizador falará com o público presente no festival. Mais à noite, João Canijo mostra o filme que realizou com estudantes no Campus/Estaleiro, "Obrigação". Este projeto foi filmado nas Caxinas, em Vila do Conde e seguiu de perto as mulheres dos pescadores. Finalmente, hoje também acontece o primeiro filme-concerto a partir de filmes de Robert Todd, com música da banda portuguesa Evols. 

←prev 1  I  2  I  3  I  4  I  5  I  6  I  7  I  8  I  9  I  10  I  11  I  12  I  13  I  14  I  15  I  16  I  17  I  18  I  19  I  20  I  21  I  22  I  23  I  24  I  25  I  26  I  27  I  28  I  29  I  30  I  31  I  32  I  33  I  34  I  35  I  36  I  37  I  38  I  39  I  40  I  41  I  42  I  43  I  44  I  45  I  46  I  47  I  48  I  49  I  50  I  51  I  52  I  53  I  54 next→
ETIQUETAS