Destaques do dia: Quarta 12 de julho

12 Julho 2017
Share on Facebook Share on Twitter

O Curtas Vila do Conde já vai a meio e são vários os motivos para visitar o festival nesta quarta-feira! 
 
Continua hoje a Competição Nacional, um dos momentos mais aguardados do festival. Às 21h15 serão exibidos mais quatro filmes a concurso: "Thursday Night", de Gonçalo Almeida, "Surpresa", de Paulo Patrício, "O Homem Eterno", de Luís Costa e "Os Humores Artificiais", de Gabriel Abrantes e às 20h repetimos a sessão de ontem. Ainda nas competições, destaque para as duas sessões da Competição Internacional, às 22h30 e às 23h30, onde continuaremos a mostrar o que de melhor se faz no cinema contemporâneo. 

Arranca também hoje a Competição Experimental, o espaço do Curtas onde são desafiadas as convenções do cinema, indo além das técnicas conhecidas. Para ver às 18h30.  
 
A Carta Branca dos 25 anos do festival continua hoje e com sessão dupla! Às 15h00 temos as escolhas de Eduardo Brito e Miguel Gomes: "A Story for the Modlins", de Sergio Oskman, e "Le Ventre de L'Amérique", de Luc Moullet. Mais tarde, às 21h45, a sessão conta com as escolhas de João Lopes, Valter Hugo Mãe e Francisco Ferreira: "De L'Origine Du XXle Siécle", de Jean-Luc Godard, "Seasons", de Artavadz Pelechian e "A Caça", de Manoel de Oliveira. 
  
Começam hoje as sessões de Encontros Com Realizadores, com sessões que irão promover o diálogo com realizadores das Competições Internacional e Experimental às 14h e da Competição Nacional às 16h. 
  
Teremos também hoje a primeira sessão do Cinema Expandido, um ciné-conversa entre João Tabarra e Nicole Brenez intitulada "Deixem as Imagens Falar um Pouco", que misturará um debate com alguns dos trabalhos dos artistas, que participaram na exposição 4.56.20 da Solar - Galeria de Arte Cinemática. 
  
No Auditório Municipal, continuam as sessões de cinema gratuitas para toda a família com uma seleção de divertidos filmes.  
 
 A secção Stereo de hoje conta com duas sessões, protagonizadas por Chassol. O artista francês tem a sua estreia em Portugal no Curtas Vila do Conde, apresentando o seu filme "Indiamore" às 18h, no Auditório Municipal. Mais tarde, à meia-noite, o músico apresenta, em concerto, o seu mais recente projeto, "Big Sun". 
  
A festa de hoje decorre na Barcearia, com Karlon Crioulo (Altas Cidades de Ossadas) e Nitronious (Monster Jinx).   
  
Os bilhetes encontram-se à venda na bilheteira do Teatro Municipal, no Auditório Municipal e na rede da Bilheteira Online.

Destaques do dia : Terça 11 de julho

11 Julho 2017
Share on Facebook Share on Twitter

Arranca hoje a Competição Nacional, um dos momentos mais aguardados do festival. Esta primeira sessão, às 21h15, irá exibir três dos filmes a concurso: "Água Mole", de Laura Gonçalves e Xá (Alexandra Ramires), "Verão Saturno", de Mónica Lima e " Altas Cidades de Ossadas", de João Salaviza. Ainda nas competições, destaque para as quatro sessões da Competição Internacional, às 17h, às 20h, às 22h30 e às 23h30, onde continuaremos a mostrar o que de melhor se faz no cinema contemporâneo.
 
Na secção In Focus - que, até sábado, vai apresentar todos os filmes do cineasta francês F. J. Ossang - é exibido "L'Affaire des Divisions Morturi", a primeira longa-metragem do realizador, uma história sobre gladiadores. Um deles, Ettore, tornou-se uma estrela do submundo. Ele acaba desfeito, preso a um papel que não pode mais cumprir. A sua última traição é denunciar segredos à imprensa. 

A Carta Branca dos 25 anos do festival continua, às 21h45, com as escolhas de Marcos Curz e Rodrigo Affreixo: "31", de Miguel Gomes, e "Surviving Desire", de Hal Hartley.
 
Às 16h, decorre a segunda Conversa Take One!, intitulada "Manual de Instruções para ganhar um Urso”, com a presença de dois cineastas vencedores do Urso de Ouro em Berlim: Leonor Teles ("A Balada de um Batráquio") e Diogo Costa Amarante (“Cidade Pequena"). Às 18h30 temos ainda a segunda sessão da competição Take One!, dedicada a filmes de escola.  
 
Esta terça-feira serão também ainda exibidos, no Teatro Municipal, filmes provenientes dos Países Nórdicos e da Roménia, nas sessões do Panorama Europeu, às 15h e às 18h. 
 
No Auditório Municipal, continuam as sessões de cinema gratuitas para toda a família com uma seleção de divertidos filmes. É também neste espaço que será apresentada a Competição de Vídeos Musicais com uma seleção dos melhores vídeos musicais portugueses, inovadores na arte de combinar música e cinema.
 
O dia termina no Cacau Café-Bar com a Music Videos Party Night e André Tentugal, com entrada livre.
 
Os bilhetes encontram-se à venda na bilheteira do Teatro Municipal, no Auditório Municipal e na rede da Bilheteira Online. 

Sessão Extra "Vaza" e "Um Conto de Duas Cidades"

10 Julho 2017
Share on Facebook Share on Twitter

Devido ao elevado interesse e afluência à Sessão Especial do passado domingo, com os filmes "Vaza" e "Um Conto de Duas Cidades", o Curtas Vila do Conde decidiu abrir uma sessão extra no próximo sábado, às 14h30 no Auditório Municipal, para que veja, ou reveja, estes dois filmes passados em Vila do Conde e na Póvoa de Varzim.

Todos os anos, o Curtas abre espaço de visibilidade a filmes que retratam realidades locais, e este ano não foi exceção. A Sessão Especial do passado domingo, dia 14 de julho, contou com casa cheia e lugares esgotados. Por esse motivo, o Curtas Vila do Conde vai exibir mais uma vez os filmes que passaram na Sessão Especial, dando oportunidade àqueles que não viram, e àqueles que queiram rever, de assistirem mais uma vez aos dois filmes passados em Vila do Conde e Póvoa de Varzim.  
 
 
"Vaza", de José Manuel Sá e Paulo Pinto, conta a história de Vânia, uma adolescente, caxineira como toda a sua família, desde sempre ligada ao mar. "Um Conto de Duas Cidades", de Morag Brennan e Steve Harrison, é um filme sobre a Póvoa de Varzim nas décadas de 1950 e 1960, tendo como protagonistas as pessoas da Póvoa de Varzim. O filme começa com a célebre fotografia de Maria do Alívio aos 16 anos, a andar descalça pela Rua das Lavadeiras, debaixo do icónico cartaz publicitário com a diva Sophia Loren, e conta a história de duas Póvoas de Varzim muito diferentes: a comunidade piscatória e a realidade brutal de um modo de vida tradicional, e a cidade turística e os indivíduos que a começaram a projetar nacionalmente como um concorrido destino de férias.  
 
 
O filme oferece essa viagem histórica a um mundo que agora está praticamente esquecido, mas também a uma sociedade portuguesa marcada pelo Salazarismo de má recordação. Para o ditador, a Póvoa de Varzim representava um singular repositório de memórias ligadas à heroica gesta marítima, mas também seria o cenário dramático para o confronto entre a ditadura do Estado Novo e o homem que jurou derrubá-lo, o General Humberto Delgado. Este “Conto de Duas Cidades” é contado através de entrevistas de testemunhas oculares, às vezes hilariantes e outras vezes dolorosas, mas sempre inspiradoras e reveladoras.  
 
 
A sessão extra irá decorrer no Auditório Municipal e os bilhetes poderão ser adquiridos na bilheteira do Teatro Municipal, no Auditório Municipal e, ainda, na rede da Bilheteira Online.

Todos os anos, o Curtas abre espaço de visibilidade a filmes que retratam realidades locais, e este ano não foi exceção. A Sessão Especial do passado domingodia 14 de julhocontou com casa cheia e lugares esgotados. Por esse motivo, o Curtas Vila do Conde vai exibir mais uma vez os filmes que passaram na Sessão Especial, dando oportunidade àqueles que não viram, e àqueles que queiram rever, de assistirem mais uma vez aos dois filmes passados em Vila do Conde e Póvoa de Varzim.  

 
 

"Vaza", de José Manuel Sá e Paulo Pinto, conta a história de Vânia, uma adolescentecaxineira como toda a sua famíliadesde sempre ligada ao mar. "Um Conto de Duas Cidades", de Morag Brennan e Steve Harrison, é ufilme sobre a Póvoa de Varzim nas décadas de 1950 e 1960, tendo como protagonistas as pessoas da Póvoa de Varzim. O filme começa com a célebre fotografia de Maria do Alívio aos 16 anos, a andar descalça pela Rua das Lavadeirasdebaixo do icónico cartaz publicitário com a diva Sophia Loren, e conta a história de duas Póvoas de Varzim muito diferentes: a comunidade piscatória e a realidade brutal de um modo de vida tradicional, e a cidade turística e os indivíduos que a começaram a projetar nacionalmente como um concorrido destino de férias 

 
 

filme oferece essa viagem histórica a um mundo que agora está praticamente esquecido, mas também a uma sociedade portuguesa marcada pelo Salazarismo de  recordação. Para o ditador, a Póvoa de Varzim representava um singular repositório de memórias ligadas à heroica gesta marítimamas também seria o cenário dramático para o confronto entre a ditadura do Estado Novo e o homem que jurou derrubá-lo, o General Humberto Delgado. Este “Conto de Duas Cidades” é contado através de entrevistas de testemunhas ocularesàs vezes hilariantes e outras vezes dolorosas, mas sempre inspiradoras e reveladoras.  

 
 

sessão extra irá decorrer no Auditório Municipal e os bilhetes poderão ser adquiridos na bilheteira do Teatro Municipal, no Auditório Municipal e, aindana rede da Bilheteira Online.

Destaques do dia: Segunda 10 de julho

10 Julho 2017
Share on Facebook Share on Twitter

O fim de semana acabou, mas o Curtas Vila do Conde regressa esta segunda-feira para mostrar o que de melhor se faz no cinema contemporâneo!  
 
Entre os destaques do dia está o arranque da secção In Focus que, até sábado, vai apresentar todos os filmes do cineasta francês F. J. Ossang. Hoje é exibido "Dharma Guns", o último filme do realizador. Stan acorda de um coma após um grave acidente, descobrindo que os genealogistas estão a procurar por alguém cuja identidade corresponde à dele. Em vez de fazer perguntas sobre esta filiação testamentária, ele submete-se ao legado do Professor Starkov e viaja para o país Las Estrellas.  Continua hoje a Competição Internacional, com mais três sessões às 17h, às 20h e às 22h30, onde continuamos a mostrar o que de melhor se faz no cinema contemporâneo internacional.  

A Carta Branca dos 25 anos do festival continua, às 21h45, com as escolhas de Manuela Azevendo, Rui Poças e Jorge Mourinha: "The Dam Keeper", de Robert Kondo e Diasuke "Dice” Tsutsumi; "L'Etoile de Mer", de Man Ray; e "Un Transport En Comun", de Dyana Gaye.  
 
Para o Panorama Nacional, às 21h15, o Curtas selecionou um conjunto de filmes que ajudam a traçar o panorama nacional na produção de curtas-metragens, obras relevantes que assinalam tendências ou exploram outros horizontes no cinema português e que não poderiam deixar de ser vistas pelo público do festival: “Triptic” de Tiago Afonso, “Semente Extreminadora” de Pedro Neves Marques e “Flores” de Jorge Jácome.  
 
Antes, às 16:0, decorre a primeira Conversa Take One!, intitulada "No Cinema Fazem-se Amigos”, com a presença de Salette Ramalho (Agência da Curta Metragem) Pela del Álamo (Curtocircuito IFF) e da realizadora Rita Barbosa (“À Noite Fazem-se Amigos”). Às 18:30, arranca também a primeira sessão da competição Take One!, dedicada a filmes de escola.  
 
Esta segunda-feira serão também ainda exibidos, no Teatro Municipal, filmes provenientes da Holanda e da Polónia, nas sessões do Panorama Europeu, às 15h e às 18h. 
 
No Auditório Municipal, continuam as sessões de cinema gratuitas para toda a família com uma seleção de divertidos filmes. É também neste espaço que o duo Pega Monstro apresentará, às 23:30, o novo álbum “Casa de Cima”.  
 
O dia termina no Cacau Café-Bar com a festa Take One! Night e um dj set de Jonathan Silva, com entrada livre.  
 
Os bilhetes encontram-se à venda na bilheteira do Teatro Municipal, no Auditório Municipal e na rede da Bilheteira Online. 

←prev 1  I  2  I  3  I  4  I  5  I  6  I  7  I  8  I  9 next→
ETIQUETAS