Curtas Vila do Conde no Centro de Memória

14 Outubro 2013
Share on Facebook Share on Twitter

A exposição permanente do Centro de Memória apresenta os elementos mais marcantes na história e na definição daquilo que é hoje o Concelho de Vila do Conde. Esta exposição integra um espaço dedicado ao Curtas, incluindo uma sala de projecção que terá uma programação regular de filmes, tendo como principal critério mostrar obras que tenham uma relação com a cidade ou com a Curtas Metragens CRL, quer através de produções próprias quer de outras que tenham a cidade ou o Curtas como pano de fundo.

Esta programação inicia-se no dia 5 de Novembro, com a projeção em contínuo do filme de Luís Alves de Matos “Um rio chamado ave”, produzido pelo Curtas no âmbito do projeto Estaleiro. O filme fica em exibição até 2 de fevereiro.

Exposição e Livro - 20 Anos Curtas Vila do Conde

5 Julho 2012
Share on Facebook Share on Twitter

Para celebrar a 20º Curtas Vila do Conde – e para além da encomenda de quatro curtas-metragens – o primeiro dia do festival apresenta três eventos especiais. Será inaugurada uma exposição de fotografia (no Teatro Municipal, às 17h30) que explora o vasto arquivo fotográfico dos últimos vintes anos, mostrando muitos dos autores que estiveram em Vila do Conde. Será também apresentado um livro ("Puro Cinema: Curtas Vila do Conde 20 Anos Depois") editado para este aniversário e que inclui vinte entrevistas a autores do festival, assim como textos de reflexão sobre a nossa história. Finalmente, será projetado o documentário de José Vieira Mendes “Gerações Curtas!?” (18h30, Sala Dois).

O livro "Puro Cinema: Curtas Vila do Conde 20 Anos Depois" é uma reflexão sobre cinema, a partir de vinte entrevistas com vinte e seis autores que passaram por Vila do Conde. Pretende ser, por isso, um documento que debate as transformações e as tendências do cinema contemporâneo nas suas diferentes mutações, pondo em questão a própria definição do que é o cinema. O resultado desta análise ajuda também a clarificar a identidade do Curtas Vila do Conde nestas últimas duas décadas, enquanto festival de cinema contaminado por outras manifestações artísticas. Complementam o livro, reflexões pessoais sobre o festival do crítico de cinema Augusto M. Seabra e do cineasta americano Mike Hoolboom; e uma história crítica do festival.

←prev 1  I  2  I  3  I  4  I  5  I  6  I  7
ETIQUETAS