Portugal selecionado para o Euro Connection 2018

5 Dezembro 2017
Share on Facebook Share on Twitter

Portugal está entre os países seleccionados para o Euro Connection 2018, o fórum de co-produção de curtas metragens que acontece entre 6 e 7 de Fevereiro, durante o Festival de Curtas Metragens de Clermont-Ferrand, em França. O projecto escolhido é o filme "Link", da realizadora Xá, com produção da Bando à Parte.

Para a próxima edição, foram seleccionados 15 dos 24 filmes finalistas nomeados pelos correspondentes europeus do Euro Connection, e que vão integrar as sessões de pitching:

Machines of Loving Grace, Viki Alexander (Horse&Fruits), Áustria

Dusk, Laura Vandewynckel (Walking the Dog), Bélgica

The Man in Two Minds, Mathias Broe (73collective), Dinamarca

Dark Side of the Earth, Urmas Reisberg (Exitfilm), Estónia

Baby With a Playlist, Juho Luukkainen (Kaiho Republic), Finlândia

Above The Law, Bryony Dunne (Kennedy Films Ltd.), Irlanda

Yashar’s Journey, Sébastien de Monbrison (Les films de l’autre cougar), França

What We Know So Far, Sylvain Cruiziat (eeproductions UG), Alemanha

Just a Map, András György Dési & Gábor Móray (Focus Fox), Hungria

The First Lessons, Beppe Leonetti (Incandenza Film), Itália

Perpetual Child, Stephanie Sant (Shadeena Entertainment), Malta

Whose Daughter Are You?, Astria Aakra (Big Spoon Animation AS), Noruega

Link, Xá (Bando à Parte), Portugal

Mountain Flood, Kristijan Krajncan (EnaBanda), Eslovénia

Bacha Posh, Bahar Pars (Nordisk Film Production), Suécia


O Euro Connection acontece anualmente durante o Festival Internacional de Curtas Metragens de Clermont-Ferrand  e tem como objectivo promover parcerias entre produtoras europeias, financiadores e distribuidores de curtas metragens. Em Portugal, os festivais associados são o Curtas Vila do Conde e o IndieLisboa. 

Curtas Vila do Conde apresenta programa especial no Kasseler Dokfest

3 Novembro 2017
Share on Facebook Share on Twitter

O Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema vai apresentar no 34.º Kasseler Dokfest, a 18 de novembro, um programa especial com alguns dos filmes produzidos pela Curtas Metragens CRL: "Strokkur" de João Salaviza, "Exodus" de Nicolas Provost, "Undisclosed Recipients" de Sandro Aguilar, "Noite Sem Disntância" de Lois Patiño e "The Dockworker's Dream" de Bill Morrison. A sessão International film festivals in profile: Curtas Vila do Conde será apresentada pelo co-diretor do festival, Mário Micaelo. 

O festival, dedicado a filmes de documentário, decorre entre 14 e 19 de novembro na Alemanha.

Três novas curtas portuguesas nos cinemas

12 Setembro 2017
Share on Facebook Share on Twitter

No dia 14 de setembro a Midas Filmes estreia nos cinemas portugueses três curtas-metragens que já passaram pelo Curtas Vila do Conde - Festival Internacional de Cinema: "Farpões Baldios" de Marta Mateus (Grande Prémio Competição Internacional 2017), "Coelho Mau" de Carlos Conceição e "Cidade Pequena" de Diogo Costa Amarante.

“Cidade Pequena”, de Diogo Costa Amarante, co-produzido pela Curtas Metragens CRL, venceu este ano o prémio de melhor curta-metragem do Festival de Berlim, com o júri a elogiar-lhe os enquadramentos que “lembram a atenção ao detalhe presente nos quadros do Renascimento italiano”. Diogo Costa Amarante, que prepara atualmente a primeira longa-metragem, foi realizador, coprodutor, argumentista, diretor de fotografia, de montagem e corresponsável pelo som de “Cidade Pequena”. O filme é protagonizado por Frederico Costa Amarante Barreto e Mara Costa Amarante.


O programa de curtas-metragens a estrear-se em setembro integra também dois filmes que tiveram este ano estreia mundial em Cannes: “Coelho Mau”, ficção de Carlos Conceição sobre a relação entre dois irmãos, e “Farpões baldios”, primeira obra de Marta Mateus, que reflete sobre ruralidade e trabalho.


Ambos foram ainda exibidos em julho no Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema, onde Marta Mateus recebeu o Grande Prémio da Competição Internacional.

Apoio a curtas-metragens: prazo para candidaturas ao Euro Connection estendido até 27 de outubro

1 Setembro 2017
Share on Facebook Share on Twitter

Todos os anos, o Festival de Cinema de Clermont Ferrand (França) – que acolhe o maior mercado mundial de curta-metragem – é o anfitrião do Euro Connection, um fórum de coprodução de curtas-metragens que culmina no pitching dos projetos selecionados. Esta plataforma tem como objetivo o desenvolvimento de parcerias entre produtores europeus, investidores, patrocinadores e televisões. O prazo para candidaturas à próxima edição, que terá lugar nos dias 6 e 7 de fevereiro de 2018, foi estendido até 27 de outubro.


Os projetos a concurso deverão cumprir os seguintes requisitos:

- curta-metragem de animação, ficção ou documentário;

- duração até 40 minutos;

- o projeto tem de ter assegurado um apoio ou parceria (embora não haja montante mínimo monetário ou em serviços);

- o produtor/realizador tem de querer estabelecer uma coprodução com um parceiro europeu;

- a produção/rodagem terá de começar a partir de maio de 2018.

 

Apenas podem concorrer os projetos de países associados ao Euro Connection: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslovénia, Espanha, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Malta, Polónia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Roménia e Suécia.

 

Um júri europeu – que inclui, pelo menos, três profissionais de diferentes nacionalidades – elegerá 15 projetos entre os finalistas de cada país. Todos os finalistas serão informados acerca da lista dos projetos selecionados até 28 de novembro.

 

Os produtores deverão candidatar os seus projetos de curta-metragem até ao dia 27 de outubro, junto dos representantes do país a que pertencem. Em Portugal, os festivais associados ao Euro Connection são o Curtas Vila do Conde e o IndieLisboa. As candidaturas deverão ser enviadas para os seguintes e-mails: mdias@curtas.pt (Miguel Dias) e miguel.valverde@indielisboa.com (Miguel Valverde).

 

O regulamento completo e o formulário de candidatura estão disponíveis aqui.

Cada projeto selecionado deverá ser apresentado pelo seu produtor/realizador, que terá 10 minutos para fazer uma apresentação concisa, em inglês ou francês, numa das sessões de pitching que terão lugar nos dias 6 e 7 de fevereiro de 2018. Cada produtor poderá apresentar apenas um projeto.

 

Em 2017, o filme selecionado para representar Portugal no Euro Connection foi “O Ciclo”, do realizador Zepe (José Pedro Cavalheiro) e da produtora AIM Studios (na foto). 

1  I  2  I  3  I  4  I  5  I  6  I  7  I  8  I  9  I  10  I  11 next→
ETIQUETAS