• BLOW-UP Siegfried A. Fruhauf
Austria · 2000 · EXP · 02' · 35 mm · B&W
  • THORAX

    Siegfried A. Fruhauf
  • PHANTOM RIDE PHANTOM

    S. Fruhauf
  • FUDDY DUDDY

    Siegfried A. Fruhauf
  • VINTAGE PRINT

    Siegfried A. Fruhauf
  • DISSOLUÇÃO DE FOTO...

    Siegfried A. Fruhauf
  • OLHOS PESADOS

    Siegfried A. Fruhauf
  • TRANQUILITY

    Siegfried A. Fruhauf
  • GROUND CONTROL

    Siegfried A. Fruhauf
  • BLED - ATTWENGER

    Siegfried A. Fruhauf
  • NIGHT SWEAT

    Siegfried A. Fruhauf
  • TIME LAPSE

    Siegfried A. Fruhauf
  • SUN

    Siegfried A. Fruhauf
  • LA SORTIE

    Siegfried A. Fruhauf
  • HÖHENRAUSCH

    Siegfried A. Fruhauf
  • FRONTALE - DIAGONALE TRAILER

    Siegfried A. Fruhauf
  • MIRROR MECHANICS

    Siegfried A. Fruhauf
  • PHANTOM RIDE - CROSSING-EUROPE-TRAILER

    Siegfried A. Fruhauf
  • REALTIME

    Siegfried A. Fruhauf
  • PHANTOM RIDES

    Siegfried A. Fruhauf
  • MONA LISA DISSOLUTION

    Siegfried A. Fruhauf
  • STRUCTURAL FILMWASTE. DISSOLUTION 2

    Siegfried A. Fruhauf
  • STRUCTURAL FILMWASTE. DISSOLUTION 1

    Siegfried A. Fruhauf
  • EXPOSED

    Siegfried A. Fruhauf
BLOW-UP
Siegfried A. Fruhauf, 2000
Austria, EXP , 00:02:00 , BW
Com um vigor extraordinário, Siegfried A. Fruhauf tornou-se conhecido no cinema austríaco em poucos anos. Fruhauf não só continuou a tradição fértil dos cineastas vanguardistas da Alta Áustria (Kubelka, Export, Weibel e Brehm, são apenas alguns exemplos), como também conseguiu descobrir uma abordagem ao cinema "estrutural" que nunca cessa de surpreender.
Os filmes de Fruhauf seguem uma ordem discernível, um conceito que é determinado antecipadamente. O que era considerada uma panaceia "avant-garde" no final dos anos 70, e que muitas vezes se transformava em mero academismo, é no seu caso, quebrado com humor. Os filmes de Fruhauf são feitos com um piscar de olhos e um toque de cotovelo e extraem a sua força da satisfação sem limites que o artista tem na experimentação.
A matéria prima usada em Blow-up compreende duas cenas de um filme educacional sobre primeiros socorros: Um homem demonstra a respiração boca-a-boca num boneco de tamanho real; o peito do boneco sobe e desce.
Fruhauf introduz esta cena no seu próprio métier, transformando a metáfora do "blow-up" numa imagem com um traseiro falso. Com a ajuda de uma fotocopiadora laser, o pedaço de filme foi reduzido em tamanho a uma fita estreita e Blow-up mostra esta transformação ao contrário: A fita é ressuscitada, inchando gradualmente até que a imagem inicial é reconhecível, e no final, enche o ecrã. E isto não seria uma obra de Fruhauf se este filme educacional não terminasse com um sorriso malicioso. (Peter Tscherkassky)