• ROMANCE DE VILA DO CONDE Manoel de Oliveira
Portugal · 1965-2008 · DOC · 0:06:00 ·
  • ROMANCE DE VILA DO CONDE

    Manoel de Oliveira
  • OS PAINÉIS DE SÃO VICENTE...

    Manoel de Oliveira
  • PORTUGAL JÁ FAZ AUTOMÓVEIS

    Manoel de Oliveira
  • AS PINTURAS DO MEU IRMÃO JÚLIO

    Manoel de Oliveira
  • A CAÇA

    Manoel de Oliveira
  • FAMALICÃO

    Manoel de Oliveira
  • O PINTOR E A CIDADE

    Manoel de Oliveira
  • O PÃO

    Manoel de Oliveira
  • DOURO, FAINA FLUVIAL

    Manoel de Oliveira
ROMANCE DE VILA DO CONDE ROMANCE DE VILA DO CONDE
Manoel de Oliveira, 1965
Portugal, DOC , 00:06:00
Oliveira rodou em 1965 dois filmes com José Régio (este “Romance de Vila do Conde” e também “O Vitral e a Santa Morta”), mas só em 2008 os terminou. Estes filmes deveriam fazer parte de um projecto maior, inacabado, chamado “Palco Dum Povo”. Este projecto, que incluía ainda originalmente “As Pinturas do Meu Irmão Júlio” – também filmado na casa de Régio em Vila do Conde, que era o único excerto até agora conhecido -, deveria mostrar as celebrações e as romarias populares, em contraste com os poetas e a sua poesia, os pintores e a sua pintura, os músicos e a sua música contemporânea. Em “Romance...” Régio, em Vila do Conde, recita o célebre poema Romance de Vila do Conde, publicado no livro O Fado. O filme permaneceu mudo até 2001, ano em que Manoel de Oliveira pediu a Luís Miguel Cintra que gravasse o poema, tendo finalmente procedido à montagem final no ano passado.