Ver Filmes Online

ARNAUD & JEAN MARIE LARRIEU

 

Os cineastas em foco na 18.ª Curtas foram os franceses Arnaud e Jean-Marie Larrieu. Nessa edição foram objecto, em Vila do Conde, de uma retrospectiva das suas mais recentes obras e os irmãos estiveram presentes para apresentar os seus filmes. Com um trabalho intenso nas curtas-metragens durante a década de 90, os irmãos estiveram presentes na competição internacional do Curtas, em 2000, com “La brèche de Roland”.  Desde 1999, esta dupla iniciou um percurso singular na longa-metragem, com cinco filmes de ficção e um documentário auto-biográfico, cujo corolário foi a presença na competição oficial de Cannes com “Peindre ou faire l’amour”.

 

Este filme, também exibido no Curtas em 2005, permitiu aos cineastas atingirem uma audiência mundial, através da distribuição comercial em vários países (como Portugal). Os projectos desta dupla de irmãos têm várias obsessões, sobretudo devido à presença da montanha como horizonte mítico dos seus filmes. São também reconhecíveis as suas narrativas surpreendentes, onde o sexo é um momento de catarse de casais em conflito. Valeu a pena, por isso, conhecer os momentos fundamentais deste universo: o Curtas Vila do Conde mostrou as suas mais recentes longas, com destaque para o seu último filme “Les dernieres jours du monde” (2009).