Ver Filmes Online

KENNETH ANGER

 

Cineasta americano underground, célebre pelos seus filmes de cariz experimental e especializado em curtas-metragens - já realizou mais de 40 desde que fez a sua primeira, em 1937. Os seus filmes combinam elementos do surrealismo com homoerotismo e ocultismo. Alguns dos seus filmes mais importantes - e que reflectem estes temas - são "Fireworks", de 1947, "Scorpio Rising", de 1964 ou "Invocation of My Demon Brother", de 1969 (cuja banda sonora é de Mick Jagger). O Curtas Vila do Conde dedicou-lhe uma retrospectiva em 1997, exibindo parte importante da sua obra.

 

No catálogo desse festival, Dominique Marchais (do Les Inrockuptibles) descreve o trabalho de Anger desta forma: "Pode julgar-se que Anger se impõe como um valor seguro da jovem vanguarda californiana, juntamente com Curtis Harrington, Gregory Markopoulos e Maya Deren como madrinha; mas depressa nos apercebemos de que ele não está na vanguarda de coisa nenhuma, ele não é abstracionista (Harry Smith), nem conceptualista (Andy Warhol), nem estruturalista (Michael Snow), ele é o decadentista, preciosista, sublime e solitário."