Ver Filmes Online

WIM WENDERS

 

Em 1994, o Curtas Vila do Conde apresentou uma retrospectiva do cineasta alemão Wim Wenders (n. 1945), com duas séries de curtas-metragens realizadas, ainda na Europa na década de sessenta, que constituem uma parte importante da filmografia do autor. Ainda nesta retrospectiva, foi exibido o filme mais recente “Arisha, the bear and the stone ring” (1992).

 

Neste programa especial, foi apresentado “Same player shoots again” (1967), primeiro filme estruturado de Wenders (começa com dois breves planos do seu primeiro trabalho “Schauplatze”, entretanto desaparecido). O título é uma referência ao jogo Flippers. O imaginário americano que marcaria a sua obra encontra-se já em filmes como “Alabama” (1969), baseado na música de John Coltrane, onde toda a acção se passa entre duas versões da canção “All along the watchtower”, interpretada primeiro por Bob Dylan e, no final, por Jimi Hendrix, “3 American LP’s” (1969), um filme sobre a América de Munique e sobre Munique via América, ao som de três canções americanas de Van Morrison, Creedence Clearwater Revival e Harvey Mandel, e ainda “Letter from New York” (1968).

 

Com a curta “Politzeifilm” (1969), o único filme “político” de Wenders, uma colagem grotesca e irónica a meio caminho entre Godard e Laurel & Hardy, o cineasta parte em busca do espírito do final dos anos sessenta, sobre manifestações e polícia, treino para polícias e imagens dos bens e sociedade de consumo. A retrospectiva seguiu com as curtas “Silver City” (1968) e “Chambre 666” (1968), encerrando com o único filme da homenagem rodado já na década de noventa, “Arisha, the bear and the stone ring” (1992).