Ver Filmes Online

Curtas 2021: Competição Experimental

17 Junho 2021
Share on Facebook Share on Twitter

Está fechada a Competição Experimental da 29ª edição do Curtas Vila do Conde, que conta com 20 títulos, oriundos de 16 países.

No campo da Competição Experimental, marcam presença no Curtas 6 filmes portugueses, realizados por Sandro AguilarLúcia PranchaPedro MaiaMargarida AlbinoKate Saragaço-Gomes Helena Gouveia Monteiro. Regressam a Vila do Conde: Rosa BarbaChristoph GirardetMatthias MuellerMorgan Quaintance Peter Tscherkassky, todos eles vencedores de prémios em edições passadas do festival.

COMPETIÇÃO EXPERIMENTAL
Baki Tadu É, Kate Saragaço-Gomes, Calum MacBeath Morgan, Índia/Dinamarca/Portugal, 2021, DOC, 13'
Berlin Feuer, Pedro Maia, Portugal/Alemanha, 2021, EXP, 6'
Black Beauty, Grace Ndiritu, Reino Unido/Bélgica/Espanha, 2021, FIC, 30'
Citadel, John Smith, Reino Unido, 2020, EXP, 16'
Depth Wish, Margarida Albino, Portugal, 2021, EXP, 12'
Dissolution Prologue (Extended Version), Siegfried Fruhauf, Áustria, 2020, EXP, 6'
Earthearthearth, Daïchi Saïto, Canadá, 2021, EXP, 30'
Emtza'i Meuchar (Belated Measures), Nir Evron, Israel, 2020, DOC, 35'
Flowers Blooming In Our Throats, Eva Giolo, Bélgica/Itália, 2020, EXP, 9'
Glimpses From A Visit To Orkney In Summer 1995, Ute Aurand, Reino Unido/Alemanha, 2020, EXP, 5'
Inside The Outset, Evoking A Space Of Passage, Rosa Barba, Chipre/Alemanha/Itália, 2021, DOC, 31'
Misty Picture, Christoph Girardet, Matthias Müller, Alemanha, 2021, EXP, 17'
Of This Beguiling Membrane, Charlotte Pryce, EUA, 2020, EXP, 5'
Purkyně's Dusk, Helena Gouveia Monteiro, Irlanda/França, 2021, EXP, 9'
Sunrise, Lúcia Prancha, Portugal, 2021, EXP, 18'
Surviving You, Always, Morgan Quaintance, Reino Unido, 2020, DOC, 18'
The Detection Of Faint Companions, Sandro Aguilar, Portugal, 2021, EXP, 9'
Train Again, Peter Tscherkassky, Áustria, 2021, EXP, 20'
When Light Is Displaced, Zaina Bseiso, Palestina/EUA, 2021, DOC, 7'
Who Is Afraid Of Ideology ? Part III Micro Resistencias, Marwa Arsanios, Alemanha, 2020, DOC, 31'

Curtas 2021: Competição Internacional

17 Junho 2021
Share on Facebook Share on Twitter

Num contexto em que as questões de saúde pública nos impuseram uma nova consciência sobre a forma como nos relacionamos com o outro e com o Cinema, a selecção oficial da competição internacional do Curtas Vila do Conde constrói-se através de uma reflexão que parte dos lugares de intimidade, das uniões e divergências culturais, que nos ligam a diferentes comunidades, formas de estar e de pensar.

Mantendo o corpo competitivo habitual, que reúne anualmente alguns dos nomes mais reconhecidos da curta-metragem a nível mundial e exibe simultaneamente obras de cineastas emergentes, o 29º Curtas organizará 9 sessões da Competição Internacional.

Em destaque, na Competição Internacional, os regressos de Ana Elena Tejera (New Voices 2020), Virpi Suutari, Georges Schwizgebel, Bárbara Wagner e Benjamin de Burca e Guy Maddin.

Palavra especial também para a as estreias nacionais de David, curta realizada por Zachary Woods, conhecido pela interpretação de Gabe Lewis na comédia The Office da NBC, e protagonizada pelo comediante Will Ferrel; Night for Day, de Emily Wardill, obra que tem como eixo central um conjunto de entrevistas a Isabel do Carmo, revolucionária da resistência contra o regime fascista em Portugal; e Quattro Strade, de Alice Rohrwacher, um diário impressionista sobre a vida durante o primeiro confinamento geral em Itália. 

COMPETIÇÃO INTERNACIONAL

A Love Song In Spanish, Ana Elena Tejera, França/Panamá, 2021, DOC, 24'
A Questo Punto, Pablo Cotten, Joseph Rozé, França, 2021, FIC, 26'
Aninsri Daeng (Red Aninsri; Or, Tiptoeing On The Still Trembling Berlin Wall), Ratchapoom Boonbunchachoke, Tailândia, 2020, FIC, 30'
Bestia, Hugo Covarrubias, Chile, 2021, ANI, 16'
Buried News, Bill Morrison, EUA, 2021, DOC, 12'
Comme Un Fleuve, Sandra Desmazières, França, 2021, ANI, 15'
Condition D'élévation, Isabelle Prim, França, 2020, FIC/DOC, 20'
Dans Le Silence D'une Mer Abyssale, Juliette Klinke, Bélgica, 2021, DOC, 19'
Das Massaker Von Anröchte (The Massacre Of Anroechte), Hannah Dörr, Alemanha, 2021, FIC, 60'
Das Spiel (The Game), Roman Hodel, Suíça, 2020, DOC, 17'
David, Zachary Woods, EUA, 2020, FIC, 11'
Delenda Carthago, Guillaume Orignac, França, 2021, FIC, 39'
Farrucas, Ian de la Rosa, Espanha/EUA, 2021, FIC, 17'
I Gotta Look Good For The Apocalypse, Ayce Kartal, Turquia/França, 2021, DOC/ANI, 6'
Kansanradio - Runonlaulajien Maa (A People's Radio - Ballads From A Wooded Country), Virpi Suutari, Finlândia, 2021, DOC, 27'
L'enfant Salamandre, Théo Dégen, Bélgica, 2020, FIC, 26'
Le Journal De Darwin, Georges Schwizgebel, Suíça, 2020, ANI, 9'
Le Roi David, Lila Pinell, França, 2021, FIC, 41'
Los Ladrillos, Tito Montero, Espanha, 2020, DOC, 19'
Motorway 65, Evi Kalogiropoulou, Grécia, 2020, FIC, 15'
Night For Day, Emily Wardill, Portugal/Áustria, 2020, FIC/DOC, 47'
Noir-Soleil, Marie Larrivé, França, 2021, ANI, 20'
On N'est Pas Animaux, Noé Debré, França, 2021, FIC, 16'
One Hundred Steps, Barbara Wagner, Benjamin de Burca, Alemanha, 2021, DOC, 31'
Quattro Strade, Alice Rohrwacher, Itália, 2021, DOC, 8'
Ronde De Nuit, Julien Regnard, França/Bélgica, 2021, ANI, 12'
The Rabbit Hunters, Guy Maddin, Evan Johnson, Galen Johnson, Canadá, 2020, FIC, 9'
VO, Nicolas Gourault, França, 2021, DOC, 20'
We Have One Heart, Katarzyna Warzecha, Polónia, 2020, DOC/ANI, 11'
Xia Wu Guo Qu Le Yi Ban (Day Is Done), Zhang Dalei, China, 2020, FIC, 24'
Zonder Meer, Meltse Van Coillie, Bélgica, 2020, FIC, 14'

InFocus 2021: Lynne Ramsay

17 Junho 2021
Share on Facebook Share on Twitter

Com novas datas já divulgadas, 16 a 25 de julho, o Curtas Vila do Conde decorrerá no formato normal, com sessões em sala a decorrerem nos horários alargados anunciados para a nova fase do desconfinamento. Assim como em 2020, o Curtas de Vila do Conde reafirma a aposta num formato híbrido que combina as projeções em sala em vários locais do país e exibições VoD, permitindo assim alargar o seu público a nível nacional e internacional. Intenso, poético, vibrante, inquieto, assombroso: estes são alguns dos adjetivos possíveis para o cinema de Lynne Ramsay, um dos nomes mais relevantes do cinema contemporâneo, detentora de uma obra verdadeiramente singular e original.

Com uma filmografia ainda pouco extensa, cada um dos filmes desta realizadora nascida em Glasgow é um portento inesquecível, repleto de momentos e imagens que ecoam no tempo e ficam na memória.

Como muitos realizadores que passam pelo festival, Ramsay começou a sua carreira nas curtas-metragens, tendo cedo se distinguido: em 1996 a sua primeira curta, Small Deaths, foi galardoada no Festival de Cannes com o Prémio do Júri, o mesmo entregue, em 1998, a Gasman; e em 2000 recebeu o prémio do Júri de Clermont-Ferrand por Kill the Day, a sua terceira obra. As três obras serão incluídas no programa especial que o Curtas lhe dedica, ao lado das quatro longas que trilham caminho para um afirmação do seu cinema, no quadro do culto. Além do inolvidável We Need to Talk About Kevin (Temos de Falar sobre Kevin) – filme que marcou uma geração e joia da coroa de Ramsay –, o festival apresentará as longas Ratcatcher, You Were Never Really Here (Nunca Estiveste Aqui) e Morvern Callar (O Romance de Morven Callar).

Com uma apetência especial para contar histórias de personagens densas e por tema como a morte, o trauma e a relação com o luto, os seus filmes assinam a visão particular com que Ramsay aborda o cinema e a sua procura incessante pela não repetição e a reinvenção da sua própria linguagem.

Concurso Curt'As Montras

16 Junho 2021
Share on Facebook Share on Twitter

À semelhança das edições anteriores, o Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema convida os comerciantes da região a fazerem parte desta grande festa cinematográfica que, todos os anos, reúne na cidade profissionais, estudantes e entusiastas da sétima arte!

Ao longo de mais de duas décadas, o festival tem construído um caminho sólido que conta com o apoio de diversos intervenientes: jornalistas, programadores, realizadores, espectadores, e claro, os vila-condenses.
 
Tal como nos últimos anos, convidamos todos os comerciantes da região a juntarem‐se a esta grande celebração do cinema através do concurso de montras, CURT’AS MONTRAS, que procura envolver toda a cidade no espírito do Curtas, incentivando a decoração das montras dos estabelecimentos comerciais com elementos ligados ao Festival.


Todos os participantes receberão um convite para as cerimónias de abertura e de encerramento do festival, bem como bilhetes para sessões de cinema à escolha.


O vencedor do Curt’as Montras será escolhido por um júri, convidado pela organização e anunciado na sessão de encerramento do festival, a 25 de julho.


Prémio: Voucher, no valor de 100€, em parceria com a Personal Travel, a  ser descontado em reservas feitas na agência, com validade de 1 ano. 


 Destinatários: São admitidas a Concurso todas as pessoas singulares ou coletivas que explorem, na cidade de Vila do Conde, qualquer estabelecimento comercial ou industrial com montras visíveis ao público. 

 
A inscrição é gratuita e poderá ser realizada até ao dia 15 de julho - data limite para a conclusão da montra com indicação dos seguintes dados: 
 
– Nome do estabelecimento 
– Nome do proprietário / gerente 
– Telefone 
– E‐mail 
 
Requisitos: As montras deverão estar expostas entre os dias 16 a 25 de julho com a placa identificativa do concurso que será entregue nos estabelecimentos participantes.
 
A recolha e seleção dos elementos a expor é da responsabilidade dos participantes, sendo que a organização disponibilizará materiais de  comunicação do Festival como, por exemplo, cartazes A3 e desdobráveis.
 
A decoração das montras ficará a cargo de cada estabelecimento e a única regra é a criatividade! As lojas com artigos para crianças poderão concorrer com elementos dedicados à secção infantil do Festival: o Curtinhas.

Formulário de inscrição aqui.

"Noite Turva" em Cannes

15 Junho 2021
Share on Facebook Share on Twitter

A primeira curta-metragem de Diogo Salgado foi selecionada para a Competição Oficial de Curtas Metragens da 74ª edição do Festival de Cannes.

Noite Turva”, o primeiro filme de Diogo Salgado, foi selecionado para a Competição Oficial de Curtas Metragens da 74ª edição do Festival de Cannes, que decorrerá, presencialmente, de 6 a 17 de julho.

A curta-metragem, que tem em Cannes a sua estreia internacional, narra a tarde de dois rapazes que brincam na floresta junto a uma lagoa. Quando um deles desaparece, a lagoa e os seus habitantes tomam o controlo da narrativa, construindo, ao entrar da noite, um labirinto que cerca as duas crianças. Enquanto um dos rapazes deambula pela floresta à procura do amigo, as silhuetas, texturas e sons exercem lentamente a sua força.
O filme, com fotografia de Joana Silva Fernandes e som de Miguel Coelho, é interpretado por Afonso Gregório, Simão Bernardino e Lionel Santos, habitantes do local onde foi filmado, e é promovido e distribuído pela Agência da Curta Metragem. Em 2020, "Noite Turva" fora já galardoado com o Prémio de Melhor Filme da Competição Nacional do Curtas Vila do Conde.

Com a primeira edição em 1946, precedida por quase uma década de preparação do festival, Cannes foi moldado pelo período pós-guerra e, desde os seus primórdios, apresentou o claro objetivo de encorajar o desenvolvimento da arte cinematográfica em todas as suas formas, criando e fomentando a colaboração entre todos os países produtores de filmes. O Festival Internacional de Cinema de Cannes é considerado um dos mais importantes festivais do panorama internacional, aliando as grandes estrelas de Cinema à descoberta de novos talentos.

Inscrição Júri Curtinhas 2021

15 Junho 2021
Share on Facebook Share on Twitter

O Curtinhas volta às salas de cinema de Vila do Conde!

Tendo como principal objetivo o reencontro das famílias com o Cinema, o Curtinhas organizará sessões familiares durante todos os fins-de-semana do festival que, este ano, decorrerá entre 16 e 25 de julho. Uma selecção de filmes de produção recente, percorrerão os universos e interesses de diferentes idades.

As sessões, a terem lugar no Teatro Municipal de Vila do Conde, dividem-se em grupos etários: Maiores de 3, Maiores de 6 e Maiores de 10, e que através de diferentes sessões temáticas, visam abrir as portas a novos formatos de consumo audiovisual e ao debate sobre temas que marcam as vidas e formas de estar dos jovens portugueses.

O júri Curtinhas é composto por um grupo de 10 crianças, entre 8 e 12 anos, que ajudarão a escolher o melhor filme da competição da 29ª edição do festival, anunciarão, na cerimónia de encerramento, o filme vencedor e terão oportunidade de entregar o prémio Curtinhas ao realizador distinguido.

Os elementos deste júri tão especial receberão ainda um free-pass para as sessões infantis do Festival e uma t-shirt Curtinhas. O júri terá de ver as três sessões (M3, M6 e M10) e reunir após cada sessão para discutir e decidir os melhores filmes.

Inscrições aqui.

1  I  2  I  3  I  4  I  5  I  6  I  7  I  8  I  9  I  10  I  11  I  12  I  13  I  14  I  15  I  16  I  17  I  18  I  19  I  20  I  21  I  22  I  23  I  24  I  25  I  26  I  27  I  28  I  29  I  30  I  31  I  32  I  33  I  34  I  35  I  36  I  37  I  38  I  39  I  40  I  41  I  42  I  43  I  44  I  45  I  46  I  47  I  48  I  49  I  50  I  51  I  52  I  53  I  54  I  55  I  56  I  57  I  58  I  59  I  60  I  61  I  62  I  63  I  64  I  65  I  66  I  67  I  68  I  69  I  70  I  71  I  72  I  73  I  74  I  75  I  76  I  77  I  78  I  79  I  80  I  81  I  82  I  83  I  84  I  85  I  86 next→
ETIQUETAS