Ver Filmes Online

Curtas com mais de 150 filmes disponíveis online

28 Setembro 2020
Share on Facebook Share on Twitter

Com olhos no futuro, o Curtas migra parcialmente para o online durante um mês, possibilitando que todos possam viver o festival em segurança, nas suas casas.

Além das sessões em sala em Vila do Conde, Porto, Lisboa e Faro, o Curtas vê o online como uma oportunidade de levar grande parte da sua programação a todo o país, sendo este ainda um momento de contenção e responsabilidade. 


O passe online do Curtas dá acesso a mais de 150 filmes, entre curtas e longas-metragens de ficção, animação, documentário e experimental, e ainda conteúdos exclusivos, como conversas com os realizadores da competição e de programas especiais, e mesmo o acesso a alguns filmes apenas disponíveis na versão online.


Cada filme fica disponível no dia seguinte à sua estreia em sala no Curtas, e por um período de duas semanas. 


Para os que acompanham o Curtas fora do país será também possível aceder a cerca de 60 dos filmes da programação e a todas as entrevistas feitas aos realizadores.


Passe online (acesso a todo o programa online): 10,00€

Curtas-metragens: 1,20€

Longas-metragens: 2,40€


Disponível apenas a partir de 3 de outubro, em https://online.curtas.pt.

Panoramas Nacional e Europeu

24 Setembro 2020
Share on Facebook Share on Twitter

O Curtas apresenta vários panoramas que estão atentos ao que de mais interessante se tem feito em alguns países europeus, nomeadamente na Polónia e Roménia. 

Do mesmo modo, o Panorama Nacional apresenta uma seleção de curtas-metragens de produção recente a nível português, sendo possível este ano assistir a filmes de David Pinheiro Vicente (vencedor em 2018 do prémio para Melhor Curta Metragem Portuguesa no Curtas), Clara Jost, João Fazenda e a dupla Mariana Caló e Francisco Queimadela. 


O Panorama Europeu Polónia será exibido no dia 3 de outubro, às 17:00, no Auditório Municipal e o Panorama Europeu Roménia, no mesmo local, dia 9 de outubro, às 17:00. Quanto ao Panorama Nacional, este será exibido na sala 1 do Teatro Municipal, dia 9 de outubro, às 17:00.



PANORAMA NACIONAL

9 de outubro, Sala 1, Teatro Municipal de Vila do Conde, 17:00

MESA
João Fazenda · Portugal · 2020 · ANI · 6’

MEINE LIEBE
Clara Jost · Portugal · 2020 · DOC/EXP · 6’

O CORDEIRO DE DEUS

David Pinheiro Vicente · Portugal/França · 2020 · FIC · 15’

A DANÇA DO CIPRESTE
Mariana Caló, Francisco Queimadela · Portugal · 2020 · DOC/EXP · 37’



PANORAMA EUROPEU: POLÓNIA

3 de outubro, Auditório Municipal, 17:00

THE BRIEFING
Filip Drzewiecki · Polónia · 2018 · DOC · 19’

YOU ARE OVERREACTING
Karina Paciorkowska · Polónia · 2018 · ANI · 4’

BAD NIGHT STORY

Nawojka Wierzbowska · Polónia · 2019 · FIC · 15’
THE HUNT
Mateusz Jarmulski · Polónia · 2018 · ANI · 8’

PLAY
Piotr Sułkowski · Polónia · 2018 · FIC · 13’

THE TOUGH
Marcin Polar · Polónia · 2019 · DOC · 14’

STORY
Jola Bańkowska · Polónia · 2019 · ANI · 5’


PANORAMA EUROPEU: ROMÉNIA

9 de outubro, Auditório Municipal, 17:00

MONSTER
Laura Pop · Roménia · 2018 · ANI· 4’

SOMEWHERE

Paul Muresan · Roménia · 2018 · ANI · 9’

THE TOWER OF PISA

Bogdan Ilieșu · Roménia · 2019 · FIC · 21’

OFFSEASON

Ioachim Stroe · Roménia · 2019 · FIC · 18’

LUNA MEA

Claudiu Mitcu · Roménia · 2020 · FIC · 18’

Os grandes nunca deixam as curtas

24 Setembro 2020
Share on Facebook Share on Twitter

As curtas-metragens parecem estar outra vez na moda, com diversos autores consagrados a voltarem recentemente a este formato. Esta é uma sessão de celebração da curta-metragem onde se apresenta um conjunto de obras de cineastas reconhecidos internacionalmente que entretanto se estabeleceram nas longas-metragem e que insistem em regressar às curtas. 

Quer seja uma forma de experimentação com as possibilidades do cinema, quer seja como forma de contornar os constrangimentos de uma produção tradicional, ou o resultado imediato de uma crescente facilidade em partilhar uma obra com o público através das novas tecnologias, são vários os exemplos, desde a obras apresentadas em festivais como no caso de Yorgos Lanthimos (“Nimic”), os registo de uma viagem cinematográfica de João Pedro Rodrigues (“Potemkin Steps”) e José Luis Guerin (“De una Isla”) ou até o filme de Jonathan Glazer (“The Fall”) que interrompeu a emissão da BBC. 


Para muitos é um regresso a um formato que adotaram em início de carreira, um caminho das curtas à longa que faz parte do percurso normal de um realizador. É esse percurso que permite que as curtas sejam uma janela para o futuro dos seus autores, reflexo de uma altura de definição do seu cinema. Esta sessão terá lugar no dia 10 de outubro, às 17:00, no Teatro Municipal de Vila do Conde.



PROGRAMA

POTEMKIN STEPS
João Pedro Rodrigues · Portugal · 2019 · DOC · 3’

NIMIC
Yorgos Lanthimos · Alemanha/Reino Unido/EUA · 2019 · FIC · 12’

THE FALL
Jonathan Glazer · Reino Unido · 2019 · FIC · 7’

DE UNA ISLA

José Luis Guerin · Espanha · 2019 · FIC · 25’

“My Generation” no Auditório Municipal

24 Setembro 2020
Share on Facebook Share on Twitter

Esta é a segunda edição do “My Generation”, a secção que envolve alunos entre os 14 e os 18 anos de escolas da região (Escolas Secundárias José Régio, D. Afonso Sanches, Eça de Queirós, Rocha Peixoto e a ESMAD - Escola Superior de Media Artes e Design).

Estes alunos foram responsáveis por escolher os filmes, promover esta ação dentro do espaço escolar, elaborar os textos e sinopses e ainda apresentar as sessões durante o festival. O Cartaz e material gráfico desta competição é da autoria de Cristiana Sousa e Érica Vasconcelos, alunas da Licenciatura em Design - Ramo Design Gráfico e Publicidade da ESMAD. 


As sessões “My Generation” terão lugar no Auditório Municipal de Vila do Conde, nos dias 7 e 8 de outubro, às 17:00.

Consulte a programação do My Generation no seguinte link.

Sessão 1

7 de outubro, 17:00

CARNE

Camila Kater · Espanha/Brasil · 2019 · ANI/DOC · 12'

AMERIGO ET LE NOUVEAU MONDE

Luis Briceño, Laurent Crouzeix · França/Chile · 2019 · ANI/DOC · 14'

SONG SPARROW

Farzaneh Omidvarnia · Irão/Dinamarca · 2019 · ANI · 12'

HOW TO DISAPPEAR

Total Refusal (Robin Klengel, Leonhard Müllner, Michael Stumpf) · Áustria · 2020 · ANI/DOC · 21'

I, JULIA

Arvin Kananian · Suécia · 2020 · FIC · 15


Sessão2

8 de outubro, 17:00

SANGRO

Tiago Minamisawa, Bruno H Castro, Guto BR · Brasil · 2019 · ANI · 7'

GOODBYE GOLOVIN

Mathieu Grimard · Canadá · 2019 · FIC · 14'

ON FAIT SALON

Léa Forest · França · 2019 · DOC · 25'

YANDARE

William Laboury · França · 2019 · FIC · 21'

Paulo Furtado e Pedro Maia estreiam novo filme-concerto na secção Stereo do Curtas

24 Setembro 2020
Share on Facebook Share on Twitter

Paulo Furtado volta a Vila do Conde em outubro para apresentar Guanche, novo trabalho multidimensional desta feita ao lado de Pedro Maia, Íris Cayatte e Duarte Ferreira. 

O filme concerto que aqui se estreia, integra a secção Stereo, dedicada à exploração dos múltiplos diálogos possíveis entre a música e o cinema. Por Vila do Conde passa ainda Antena3 Docs Apresenta "Implantação da Rapública #2 Pintar o Hip Hop", o segundo capítulo da série documental que a rádio portuguesa está a dedicar ao universo do rap nacional, onde se fala de graffiti com alguns dos artistas pioneiros da arte de rua em Portugal.  A completar a programação do Stereo, dois documentários portugueses, "Ricardo" de Luís Sobreiro e "A Vida Dura Muito Pouco – Celebrando a obra de José Pinhal" de Dinis Leal Machado. 

 

Paulo Furtado tem sido presença quase assídua no Curtas de Vila do Conde, por onde tem vindo a fazer circular quase todo o trabalho de cruzamento entre imagem e som que produziu nos últimos anos. Em 2020, ao lado do realizador Pedro Maia, da actriz Íris Cayatte e do artista sonoro Duarte Ferreira estreia Guanche, uma primeira abordagem artística aquela que será a sua próxima longa-metragem. Tendo por base as rodagens feitas na Madeira (no formato Super8 que tanto gosta), Guanche será um cine-concerto composto por partes da montagem do filme, aqui processadas ao vivo por Pedro Maia, com acompanhamento musical original de The Legendary Tigerman e narrado, ao vivo, por Íris Cayatte. Ainda sem data de estreia, Guanche é um trabalho em torno do homem, do desenvolvimento e da sua relação com a natureza. 

 

Fechar a lista de confirmações com a estreia a norte de dois documentários musicais. "Ricardo", de Luís Sobreiro, um mocumentário sobre uma misteriosa personagem que invadiu o palco do concerto dos Sensible Soccers em Paredes de Coura, e "A Vida dura Muito Pouco – Celebrando a obra de José Pinhal", um filme que tenta traçar a história de vida do músico que, nos últimos anos, se tem transformado num fenómeno de culto junto de uma nova geração da música portuguesa. 

 

Fechada está também a programação para a competição de vídeos de música. Seleccionados para 2020 estão filmes que deram imagem a músicas de Batida, Moullinex, Capicua, Filipe Sambado, Pop Dell'Arte, Clã, Surma, Sereias ou João Pais Filipe. 

 

Recorde-se que a secção Stereo do Curtas havia já promovido, em agosto, uma primeira sessão com a exibição, em Vila do Conde, de Surdina, um dos mais recentes filmes de Rodrigo Areias, musicada ao vivo pelo guitarrista Tó Trips. 

 

 

SESSÕES

 

STEREO 1 

Sáb, 3 de outubro, 22h15, SALA 1, Teatro Municipal Vila do Conde

 

Antena3 Docs Apresenta Implantação da Rapública #2 Pintar o Hip Hop, Catarina Peixoto, Portugal, DOC, 25' 

A Vida Dura Muito Pouco – Celebrando a Obra de José Pinhal, Dinis Leal Machado, Portugal, 2020, DOC, 23’

Ricardo, Luís Sobreiro, Portugal , 2020, FIC, DOC, 29’

 

STEREO 2

Sex, 9 de outubro, 22h15, SALA 1, Teatro Municipal Vila do Conde

Filme-concerto GUANCHE, com Paulo Furtado, Pedro Maia, Iris Cayatte

 

STEREO 3

Sáb, 10 de outubro, 22h15, SALA 1, Teatro Municipal Vila do Conde

 

Isaki Lacuesta em exposição na Solar

21 Setembro 2020
Share on Facebook Share on Twitter

Com inauguração a dia 3 de outubro, pelas 16h, a Solar – Galeria de Arte Cinemática expõe uma seleção de trabalhos de Isaki Lacuesta, também realizador em foco na edição 2020 do Curtas de Vila do Conde. O conjunto de peças em exposição realça a diversidade da obra do artista e cineasta catalão, incluindo algumas inéditas, ainda em produção durante o período de preparação da exposição.

O percurso expositivo estabelecerá relações diferenciadas entre as obras selecionadas, partindo das primeiras curtas-metragens, que aqui encontram um espaço de contacto mais intimista com o público, passando por um projeto de projeção multicanal, pensado especificamente para o espaço de galeria, e culminando nas obras mais recentes do autor, onde a interseção com a música se torna dominante.  


Isaki Lacuesta é um artista e cineasta ainda jovem mas já com uma obra considerável, tanto no campo do cinema, com filmes que granjearam vários prémios importantes, como no das artes-plásticas, com um currículo de exposições nalguns dos mais importantes centros de arte contemporânea, multifacetado, prolífero, cuja obra se vai desenvolvendo segundo a metamorfose do processo criativo, que agrega muitas influências, por exemplo do cinema expressionista alemão, e beneficia de diversas colaborações, sobretudo de músicos, mas também, por exemplo, da bailarina e coreógrafa Rocío Molina.

De terça, dia 6, a sexta, 9 de outubro, haverá a apresentação dos filmes com a presença do realizador e artista, no Teatro Municipal, tal como um debate dia 9, às 16h30min, e uma visita guiada na Solar, quinta dia 7, às 16h.  

Obras: 

 

Lugares que no existen. Goggle Earth 1.0 (fragmento: Doble pantalla)

Espanha · Spain, 2009, SD Video, 10’26’’, loop

 

O projeto “Lugares que no existen. Goggle Earth 1.0” consiste numa série de fotografias e filmes de lugares que não aparecem no Google Earth, para onde o artista e a sua equipa viajam a fim de documentar a sua verdadeira aparência e apresentá-la numa instalação que contrasta com a visão falsa que podemos obter a partir do computador. 

 

Où en êtes-vous, Isaki Lacuesta?

Espanha · Spain, 2018, SD Video, 17’, loop

 

"Où en êtes-vous, Isaki Lacuesta?” (Onde está, Isaki Lacuesta?) integra uma colecção de encomendas do Centre Georges Pompidou, em Paris, que convida cineastas para a realização de filmes em formato livre em resposta à mesma questão. Com base em imagens que filmou na África do Sul, Rússia, Cuba, Qatar e Espanha, perto de sua casa, Isaki Lacuesta responde: “Estou aqui e lá, ao mesmo tempo”.

 

L'acusat

Espanha · Spain, 2019, 4 channel HD Video, 11’40’’, loop

 

L'acusat (El acusado, un caso del sur) é uma instalação em duas projeções duplas: retrato de um sul (em redor de El Rocío) a partir de quatro pontos cardeais: a igreja, o bar, a caça e a Guardia Civil.

Em 2017, Isaki Lacuesta seguiu um caso de duplo homicídio em El Rocío (Huelva). Durante o processo de investigação, foi descoberto que a vida do único arguido do caso e El Rocío partilhavam os mesmos quatro pontos cardeais: a igreja, a caça, o bar e a Guardia Civil. Quatro paredes de um mundo a cavalo (em El Rocío, tudo se faz "a cavalo") entre o imaginário atual de uma Espanha lorquiana e a resistência à modernidade.

Depois de passar mais de três anos na prisão a aguardar julgamento, o arguido foi considerado inocente. Por isso, uma vez libertado, o arguido fica fora de campo nesta instalação, rodeado (como o próprio espectador) pelos quatro ecrãs que retratam as quatro instituições de um sul, que não é extemporâneo, mas sim a imagem mais imprevisível e realista do nosso século XXI.

 

Microscopies

Espanha · Spain, 2003, SD Video, 20’, loop

 

Vários objetos são observados através de um microscópio de alta resolução: alguns pigmentos de tinta de uma suposta pintura do século XIX, uma nota de um dólar e um pedaço de película de um filme antigo em decomposição. A observação microscópica desvenda os mistérios escondidos na superfície destes materiais: as infinitas pinturas que podem ser encontradas num minúsculo fragmento de pintura, os outros possíveis filmes invisíveis que estão escondidos em cada pedacinho do filme. "Microscopies " divide-se em quatro partes: "Paisajes del natural", "El ojo de dios", "Eclipses" e "Microcosmos", uma história de ficção científica escrita a partir de experiências prévias.

 

El Rito

Espanha · Spain, 2011, SD Video, 8’, loop

 

Um olhar sobre um matadouro localizado na província de Girona. O sacrifício do animal é privado da sua natureza sagrada, de toda a ritualidade, e os gestos humanos tornam-se mecânicos, quase automáticos, quando executados dia após dia.

 

Ramírez (11012017)

Espanha · Spain, HD Video, 2018, 1’53’’

 

A partir de “Entre dos aguas”, o músico Raül Refree e Isaki Lacuesta iniciam um corpo de trabalho conjunto que se desenvolve em exposições, instalações, filmes e videoclipes. Este é um primeiro resultado, no qual Lacuesta ilustra um tema do álbum instrumental “Jai Alai Vol.1”, de Refree, com imagens filmadas no bairro La Casería (San Fernando, Cádiz).

 

Dar a Luz

Espanha · Spain, 2018, HD Video, 3’06’’

 

Videoclipe de "Dar a luz", música composta por Raül Refree para o filme "Entre dos aguas". Novas imagens que não apareceram no filme, com a participação de El Niño de Elche. Retrato em 16mm do dia a dia num bar do bairro La Casería (San Fernando, Cádiz).

 

Lunaby

Espanha · Spain, 2015, HD Video, 8’15’’

 

Poema retrato realizado para o Projeto Eiga Ongaku (Kyoto e Nagoya), com música original composta por Daniel Fígols e incluído no filme coletivo "The darkness collection" (edição especial).

 

Fatherless

Grite Pelao

Tangos de la Vía Láctá

Par Coeur & The Womb

Espanha · Spain, 2020, HD Video, 20’, loop


A cantora Silvia Pérez Cruz reúne-se com Isaki Lacuesta no verão de 2020 para filmar em 16mm e S-8 mm uma série de peças para canções do seu novo álbum: Fatherless, Grito pelao, Tangos de la Vía Láctá, Par Coeur & The Womb. A equipa junta-se ao bailarino e coreógrafo Rocío Molina, à atriz Alba Flores e à cineasta experimental Adriana Vila Guevara como diretora de fotografia.

Do encontro deste coletivo surgem quatro peças que podem ser vistas de forma independente ou como uma curta-metragem de vinte minutos em que as canções e imagens rimam e se complementam.

←prev 1  I  2  I  3  I  4  I  5  I  6  I  7  I  8  I  9  I  10  I  11  I  12  I  13  I  14  I  15  I  16  I  17  I  18  I  19  I  20  I  21  I  22  I  23  I  24  I  25  I  26  I  27  I  28  I  29  I  30  I  31  I  32  I  33  I  34  I  35  I  36  I  37  I  38  I  39  I  40  I  41  I  42  I  43  I  44  I  45  I  46  I  47  I  48  I  49  I  50  I  51  I  52  I  53  I  54  I  55  I  56  I  57  I  58  I  59  I  60  I  61  I  62  I  63  I  64  I  65  I  66  I  67  I  68  I  69  I  70  I  71  I  72  I  73  I  74  I  75  I  76  I  77  I  78  I  79  I  80  I  81  I  82  I  83  I  84 next→
ETIQUETAS