Cinema para os mais novos!

9 Maio 2022
Share on Facebook Share on Twitter

Entre 24 e 27 de maio, o Curtas Vila do Conde vai invadir o Teatro Municipal de Vila do Conde com um conjunto de sessões dedicadas ao público infantil e juvenil. 

Especialmente vocacionadas para os estabelecimentos de ensino, o Festival Escolar - Curtinhas & My Generation vai apresentar as mais recentes obras das competições Curtinhas e My Generation do 30º Curtas Vila do Conde - Festival Internacional de Cinema. As inscrições para escolas de todo o país já estão abertas e podem ser realizadas através deste formulário


A ter lugar entre os dias 9 e 17 de julho, o festival Vilacondense prepara uma edição que volta a trazer a curta metragem para o grande ecrã, num ano em que assinala 30 anos de existência. 



Festival Escolar - Curtinhas & My Generation

Datas: 24 - 27 de maio de 2022

Local: Teatro Municipal de Vila do Conde

Horário das Sessões: 09:45 | 11:00 | 14:45 | 16:15

---

Garanta já o seu lugar na 1ª edição do Festival Curtinhas + My Generation!

Sessões para Escolas: 1,00€ por aluno.
A participação dos professores, educadores e auxiliares, nas sessões para escolas é gratuita.




Informações:
s.educativo@curtas.pt

João Gonzalez leva animação portuguesa a Cannes

20 Abril 2022
Share on Facebook Share on Twitter

“Ice Merchants”, do jovem realizador João Gonzalez, terá a sua estreia mundial no Festival de Cannes. A curta-metragem vai integrar a Semaine de La Critique do festival, a decorrer entre 17 e 28 de maio. 

O mais recente filme de João Gonzalez, “Ice Merchants”, está selecionado para a Semaine de La Critique, secção do Festival de Cannes que completa este ano a sua 61ª edição. “Ice Merchants” é uma das dez curtas-metragens em competição na secção do festival francês.

Depois dos premiados “Nestor” e “The Voyager”, “Ice Merchants” é o terceiro filme de João Gonzalez e o primeiro como realizador profissional, contando com o apoio do Instituto do Cinema e Audiovisual. Para além de realizador, diretor de arte e animador (tendo contado com a colaboração da animadora polaca Ala Nunu neste filme), João Gonzalez foi também instrumentista e compositor da banda sonora, que contou com a participação de Nuno Lobo na orquestração e de um grupo de músicos da ESMAE. A sonoplastia é de Ed Trousseau, com gravação e mistura de Ricardo Real e Joana Rodrigues. Uma equipa portuguesa, polaca, francesa e inglesa trabalhou na coloração da animação do filme. 

Co-produção portuguesa, inglesa e francesa, o filme foi produzido por Bruno Caetano na Cola - Coletivo Audiovisual, em co-produção com Michaël Proença da Wild Stream, em França, e com a Royal College of Art no Reino Unido. Conta com distribuição pela Agência da Curta Metragem.  

François Reichenbach, António Campos e Alain Resnais na programação do Cinema Revisitado do Curtas Vila do Conde 2022

29 Março 2022
Share on Facebook Share on Twitter

Programas celebrativos dos centenários de nascimento de António Campos e Alain Resnais, um programa especial sobre a obra de François Reichenbach (desenvolvido em co-produção com a Casa do Cinema Manoel de Oliveira) e a exibição única de "The Outsiders – The Complete Novel" são alguns dos destaques da programação deste ano do Cinema Revisitado, a secção do Curtas dedicada aos realizadores e obras que marcam a história do cinema. A ter lugar entre os dias 9 e 17 de julho, o festival Vilacondense prepara uma edição que volta a trazer a curta metragem para o grande ecrã, num ano em que assinala 30 anos de existência.

Viajante, musicólogo, colecionador, curioso, François Reichenbach esteve um pouco por toda a parte, sem sempre se interessar por tudo o que via. Uns dirão que ele conseguia dominar com maestria a capacidade de estar no lugar certo à hora certa e que, como tal, sempre que ligava a sua câmara algo de extraordinário acontecia. A sua obra documental fica marcada por uma notável capacidade de observação e um aguçado sentido de humor, assim como a vontade constante de retratar corpos, documentar paisagens e cidades, e registrar os seus sons e vozes. Numa coprodução com a Casa do Cinema Manoel de Oliveira da Fundação de Serralves, o Curtas Vila do Conde dedica-lhe, este ano, um ciclo retrospectivo que olhará parte da sua obra, que integrará cerca de duas dezenas de filmes a serem mostrados no Porto e em Vila do Conde, entre os quais "Nus Masculins", "L'Amerique insolite", "Les Marines" e "Prisons à l'américaine". 

António Campos é um dos primeiros cineastas em Portugal a dedicar-se à prática do filme documentário na perspetiva da antropologia visual. Entender a sua obra é, hoje, olhar o lugar e a evolução do género em Portugal, mas também perceber a forma singular com que filmou o país que se estende para lá das grandes cidades nas décadas de 60 e 70. Considerado um realizador à margem, um solitário, Campos é hoje visto como um dos expoentes máximos do cinema documental português, tendo a sua obra sido alvo de retrospetivas e estudos nos anos recentes, assim como de um esforço de digitalização dentro do Plano de Digitalização do Cinema Português da Cinemateca Portuguesa e do projecto FILMar/EEA Grant. Numa parceria com a Cinemateca Portuguesa, o Curtas Vila do Conde apresenta, nesta edição, um programa especial que assinala o centenário do seu nascimento, onde se integram, entre outros, "Almadraba Atuneira", "A Invenção do Amor", "Um Tesoiro" e "Gente da Praia de Vieira". 

Nesta secção dedicada a olhar e recontextualizar os grandes clássicos do cinema, assinalar-se-á ainda a efeméride dos cem anos passados sobre o nascimento de Alain Resnais, nome maior da Nouvelle Vague e um dos grandes responsáveis pela modernidade do cinema europeu da altura. O ciclo que o Curtas lhe dedica exibirá quatro curtas-metragens: "Nuit et brouillard", "Guernica", "Le chant du Styrène" e "Toute la mémoire du monde". 

A fechar este anúncio de programa do Cinema Revisitado, destaque ainda para a exibição de "The Outsiders – The Complete Novel", onde Francis Ford Coppola revisita o filme baseado no romance de S.E. Hinton, adicionando-lhe 20 minutos de filmagens que aproximam o início e desfecho da longa à história versada no livro que a inspira. 

Mais informações sobre a programação do Curtas Vila do Conde serão revelados nos próximos meses.

O Curtas marca presença em Clermont-Ferrand

31 Janeiro 2022
Share on Facebook Share on Twitter

De regresso a Clermont-Ferrand, o Curtas Vila do Conde está representado num stand promocional no Mercado da Curta-Metragem, a decorrer em paralelo com o Festival Internacional de Curtas-Metragens de Clermont-Ferrand.


O mercado é um espaço de extrema importância para a divulgação do cinema português e, para além das ações de promoção das mais de 400 obras representadas pela Agência, esta será uma oportunidade para apresentar as novidades adicionadas ao catálogo de filmes distribuídos.

Cine-concerto dos Sensible Soccers no Teatro de Vila do Conde

22 Dezembro 2021
Share on Facebook Share on Twitter

Chama-se “Manoel” e debruça-se sobre duas obras seminais de Manoel de Oliveira. O espetáculo da banda, no Teatro Municipal de Vila do Conde, vai realizar-se no dia 22 de janeiro, pelas 21:30.

A comemorarem uma década de atividade, os Sensible Soccers apresentam um cine-concerto que se debruça sobre “Douro Faina Fluvial” e “O Pintor e a Cidade”, dois filmes de Manoel de Oliveira que, com 25 anos de diferença, partilham a mesma temática central: o Porto.


A banda propõe um encontro entre a sua linguagem musical e o universo único de um dos mais aclamados cineastas portugueses. O espetáculo deu nome e origem ao mais recente álbum de originais dos Sensible Soccers, “Manoel”, e pretende estabelecer pontes entre os três vértices fundamentais que compõem o ideário do projeto - os filmes que lhe servem de pretexto, a música que os unirá, e o Porto que lhes oferece o cenário.


O projeto é também, segundo a banda, o “rescaldo de um Porto contemporâneo a olhar-se ao espelho e a ver a sua infância enquanto cidade, a súmula ou a tradução musical deste choque entre presente e passado; o que pode nascer ao acender a memória, ao materializar a nostalgia, ao questionar a identidade”. 


O projeto conta com a organização da Curtas Metragens C.R.L. e o apoio do Município de Vila do Conde. 


Bilhetes já disponíveis aqui

O Dia Mais Curto 2021

30 Novembro 2021
Share on Facebook Share on Twitter

Pelo nono ano consecutivo, Portugal celebra O Dia Mais Curto com mais de 100 sessões de cinema por todo o país. Nesta edição, que conta com a participação de 30 localidades portuguesas, serão exibidas 37 curtas-metragens, entre os dias 1 e 30 de dezembro.

 

Todos os anos, entre 21 e 22 de dezembro, o Inverno chega ao hemisfério norte. Este fenómeno astronómico que assinala o dia mais curto do ano inspirou a criação da festa que celebra o cinema no formato curto em todo o mundo. Como festa que é, queremos chegar a muita gente. Escolas, estabelecimentos prisionais, Metro do Porto, Planetário do Porto ou Museu da Biodiversidade, são alguns dos locais inusitados por onde O Dia Mais Curto vai passar. 

Este ano, a Agência da Curta Metragem apresenta quatro programas distintos para todas as idade e públicos, com uma programação que integra filmes nacionais e internacionais. O programa "Curtas do Mundo" propõe uma viagem por algumas das obras exibidas na mais recente edição do festival Curtas Vila do Conde. "Novas Curtas Portuguesas" é uma oportunidade para conhecer autores nacionais e as histórias que têm para nos contar, enquanto as secções dedicadas aos mais jovens, "Curtinhas para Todos" (M/6) e "Amiguinhos" (M/3), prometem muita animação a par da educação pela imagem.


Além dos programas propostos, terão lugar sessões especiais no Cinema Trindade, Cinema Ideal, e na Cinemateca Portuguesa. No Cinema Trindade, no Porto, será apresentada uma seleção de filmes que explora questões de género e identidade. No Cinema Ideal, decorre uma especial sessão dedicada à obra de João Rosas, com os filmes “Entrecampos”, ”Maria do Mar” e “Catavento”. Na Cinemateca Portuguesa, a programação apresentada será mais transversal, incluindo filmes em torno de um tema: o mar. Estas sessões especiais contarão com a presença dos realizadores.


A agenda da 9ª edição d’O Dia Mais Curto está disponível aqui.  

 

←prev 1  I  2  I  3  I  4  I  5  I  6  I  7  I  8  I  9  I  10  I  11  I  12  I  13  I  14  I  15  I  16  I  17  I  18  I  19  I  20  I  21  I  22  I  23  I  24  I  25  I  26  I  27  I  28  I  29  I  30  I  31  I  32  I  33  I  34  I  35  I  36  I  37  I  38  I  39  I  40  I  41  I  42  I  43  I  44  I  45  I  46  I  47  I  48  I  49  I  50  I  51  I  52  I  53  I  54  I  55  I  56  I  57  I  58  I  59  I  60  I  61  I  62  I  63  I  64  I  65  I  66  I  67  I  68  I  69  I  70  I  71  I  72  I  73  I  74  I  75  I  76  I  77  I  78  I  79  I  80  I  81  I  82  I  83  I  84  I  85  I  86  I  87  I  88  I  89  I  90  I  91  I  92  I  93 next→
ETIQUETAS