Ver Filmes Online
  • SUNRISE Lúcia Prancha
21 JUL, 19:00, Teatro Municipal Sala Dois
  • THE DETECTION OF FAINT COMPANIONS

    Sandro Aguilar
  • FLOWERS BLOOMING IN OUR THROATS

    Eva Giolo
  • SUNRISE

    Lúcia Prancha
  • CITADEL

    John Smith
  • BLACK BEAUTY

    Grace Ndiritu
SUNRISE SUNRISE
Lúcia Prancha, 2021
USA · Portugal, EXP, 00:18:20
Lúcia Prancha regressa ao Curtas com a estreia mundial de “Sunrise”, uma obra que procura evidenciar uma experiência da paisagem, não no seu sentido idílico, mas a partir da sua relação dialética com a evolução tecnológica da atividade humana. Desde o longo e violento processo de colonização dos territórios norte-americanos até à plena consolidação dos Estados Unidos da América, a industrialização teve sempre um papel determinante, e o comboio foi um símbolo máximo da sua velocidade. A constituição e afirmação da soberania deste país custou a vida de incontáveis populações indígenas, e séculos mais tarde, as mesmas relações de classe e de poder pela supremacia branca são evidentes nas condições indignas daqueles que trabalham de sol a sol em prol da evolução industrial do país. Não será ao acaso que Lúcia Prancha convoca em “Sunrise” os poemas “Dope”, de Amiri Baraka, e “Still I Rise”, de Maya Angelou, narrados pelos próprios durante um longo plano contra o nascer do sol no fundo das montanhas do Deserto de Mojave; assim como utiliza alguns excertos da filmografia de Charles Burnett. Como um ato de resistência política, Prancha procura evidenciar que, por detrás da modernização e evolução tecnológica do país, houve uma outra história, esta violenta e cheia de contradições sociais. (PD)
PRODUÇÃO Lúcia Prancha, luciaprancha@gmail.com CONTACTO DE CÓPIA Lúcia Prancha; 351914145956, luciaprancha@gmail.com, www.luciaprancha.com/sunrise-2021/ FOTOGRAFIA Lúcia Prancha EDIÇÃO Lúcia Prancha